A importância do aço na construção civil

1
1985
DOI: ESTE ARTIGO AINDA NÃO POSSUI DOI SOLICITAR AGORA!
A importância do aço na construção civil
5 (100%) 3 vote[s]
ARTIGO EM PDF

FREITAS, Duann Rennê Ferreira [1], COELHO, Mauro Frank Oguino [2]

FREITAS, Duann Rennê Ferreira. COELHO, Mauro Frank Oguino. A importância do aço na construção civil. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 03, Ed. 09, Vol. 07, pp. 05-10 Setembro de 2018. ISSN:2448-0959

RESUMO

Desde as primeiras pontes metálicas até os edifícios mais modernos, a utilização do aço nas construções tem sido cada vez mais aplicada, devido ao seu aspecto arrojado e eficiente para muitos tipos de obra. A utilização do Aço no Brasil a partir da metade do século XIX, as transformações sócias econômicas e culturais sofridas pela sociedade brasileira ocasionaram um impulso grandioso no e desenvolvimento na área da construção civil. O sistema construtivo em aço apresenta vantagens significativas sobre o sistema construtivo convencional como por exemplo: flexibilidade, compatibilidade com outros materiais, menor prazo de execução, racionalização de materiais e mão-de-obra, reciclabilidade e preservação do meio ambiente. A construção em aço, além de ser extremamente versátil e durável, está em perfeita sintonia com o conceito de desenvolvimento ambientalmente sustentado.

Palavras chave: Aço, Construção civil, Modernidade, Preservação.

INTRODUÇÃO

A construção civil em aço se aplica em vários locais e para diversos usos, como pontes, aeroportos, complexos industriais ou edifícios [1]. Desde as primeiras pontes metálicas até os edifícios mais modernos, a utilização do aço nas construções tem sido cada vez mais aplicada, devido ao seu aspecto arrojado e eficiente para muitos tipos de obra [3].

O aço é um produto resultante das interações entre o ferro, o carbono e outros componentes, que se encontra em bastante expansão quanto a sua utilização, atualmente temos conhecidas cerca de mais de três mil tipos de aços dos quais existem uma parte designada especificamente para a construção civil, ou seja, só é usada para finalidades construtivas [1].

Desde o século XVIII, quando apareceram as primeiras estruturas metálicas na construção civil, o aço tem transformado a vida. O aço sempre esteve associado à ideia de modernidade e inovação, traduzida em obras. A utilização do Aço no Brasil a partir da metade do século XIX, as transformações sócias econômicas e culturais sofridas pela sociedade brasileira ocasionaram um impulso grandioso no e desenvolvimento na área da construção civil [2]. Apenas a partir do início de operação da Companhia Siderúrgica Nacional, CSN, a primeira siderúrgica integrada instalada no país, em 1946, é que o aço importado passou a ser substituído pelo produto de fabricação nacional [5]. Neste mesmo período, o aço começou a ser mais utilizado com o aparecimento do concreto armado [3]. O concreto armado utiliza as vantagens do concreto, que é a alta resistência às compressões, e também do aço, por possuir alta resistência às tensões. Com a junção do concreto e do aço, formando o concreto armado, foi possível que se projetasse edifícios mais altos [3].

Nas grandes cidades, o aço se torna uma alternativa bastante útil, devido às cidades possuírem grandes áreas livres, e com isso, implicaria uma melhor utilização do espaço que se dispõe, devido as seções de pilares e vigas de aço serem mais reduzidas que as de concreto, aumentando ainda, a área útil do projeto [3].

DESENVOLVIMENTO

O sistema construtivo em aço apresenta vantagens significativas sobre o sistema construtivo convencional como por exemplo: Flexibilidade (indicada nos casos onde há necessidade de adaptações, ampliações, reformas e mudança de ocupação de edifícios), Compatibilidade com outros materiais (é perfeitamente compatível com qualquer tipo de material de fechamento, tanto vertical como horizontal), menor prazo de execução (pode levar a uma redução de até 40% no tempo de execução quando comparado com os processos convencionais) [6], Racionalização de materiais e mão-de-obra (a estrutura em aço possibilita a adoção de sistemas industrializados, fazendo com que o desperdício seja sensivelmente reduzido), Reciclabilidade (o aço é 100% reciclável e as estruturas podem ser desmontadas e reaproveitadas com menor geração de rejeitos), Preservação do meio ambiente (A estrutura em aço é menos agressiva ao meio ambiente pois além de reduzir o consumo de madeira na obra, diminui a emissão de material particulado e poluição sonora geradas pelas serras e outros equipamentos destinados a trabalhar a madeira) [2].

Os aços possuem excelentes propriedades mecânicas: resistem bem à tração, à compressão, à flexão, e como é um material homogêneo, pode ser laminado, forjado, estampado, estriado e suas propriedades podem ainda ser modificadas por tratamentos térmicos ou químicos [1].

Quando analisamos o custo financeiro, também se verificou uma considerável oportunidade vantajosa, já que o mesmo não necessita de nenhum método inovador ou revolucionário em sua execução, logo assim se reduzindo o custo do processo geral[2].

Desde as primeiras pontes metálicas até os edifícios mais modernos atualmente, a utilização do aço nas construções tem sido cada vez mais aplicada, devido ao seu aspecto arrojado e eficiente para muitos tipos de obra [3]. A Torre Eiffel (Figura 1) é um exemplo, construída em 1889 em Paris, é uma das estruturas metálicas que mais trouxe a ideia de modernidade e Inovação para o mundo. É formada por 18000 peças, totalizando 1700 toneladas de aço com altura de 300 metros, atraindo muitos turistas de todo o mundo [3].

Figura 1: Torre Eiffel – Paris, França

Imagem relacionada
Fonte: https://fineartamerica.com/featured/torre-eiffel–tour-eiffel–eiffel-tower-ruy-barbosa-pinto.html

Já no Brasil, o Prédio do Museu de Arte de São Paulo (MASP) é um exemplo do concreto armado na construção (foi utilizado concreto e aço na sua composição) seu projeto foi muito ambicioso e continha o maior vão livre da época, (76 metros), e isso só foi possível pela utilização de estruturas de aço juntamente com concreto (figura 2) [4].

Figura 2: Museu de Arte de São Paulo (MASP)

Resultado de imagem para museu masp
https://www.guiadasemana.com.br/sao-paulo/arte/estabelecimento/museu-de-arte-de-sao-paulo-masp

A SUSTENTABILIDADE DAS ESTRUTURAS METÁLICAS

Não é apenas como material que o aço contribui para os objetivos da construção sustentável, as estruturas metálicas têm características naturais que também contribuem para esses mesmos objetivos. A Construção Sustentável visa a minimização do consumo de recursos naturais e a maximização da sua reutilização, a utilização de recursos renováveis e recicláveis, a proteção do ambiente natural, a criação de um ambiente saudável e não tóxico e a procura de qualidade na criação do ambiente construído [7].

Figura 3: Resultado da diminuição da energia e emissão de CO2 Fonte: EUROFER, EUROSTAT-2005

sustentabilidade_aco_04
Fonte: http://wwwo.metalica.com.br/a-sustentabilidade-do-aco-e-das-estruturas-metalicas

São bem visíveis na Figura 3 os resultados positivos alcançados pela indústria de produção do aço na União Europeia entre 1970 e 2000 [8].

As estruturas metálicas são utilizadas largamente nos prédios e construções dos mais diversos tipos podendo ser em formas de barra ou contínua. O Desenvolvimento Sustentável é uma questão essencial hoje em dia com implicações em todos os setores da nossa sociedade. A indústria da construção desempenha um papel fundamental não só pela sua contribuição para a economia global como também pelos seus impactos significativos tanto em termos ambientais como em termos sociais. O aço é normalmente identificado como um material “amigo do ambiente” devido essencialmente ao seu potencial de reciclagem. No entanto, não são apenas os benefícios ambientais do aço que contribuem para os objetivos da construção, as estruturas metálicas apresentam características naturais que se coadunam com os requisitos da construção sustentável e que tornam este tipo de construção ideal na realização dos mesmos. Este trabalho apresenta os tipos de corrosão que produzem alterações prejudiciais nos elementos estruturais metálicos [8].

CONCLUSÃO

O aço garante uma imensa liberdade no projeto arquitetônico, maior flexibilidade tanto para reformas como compatibilidade com diversos materiais, adequações, ampliações e menor carga nas fundações. A importância do aço na construção civil pode ser observada primordialmente na substituição de componentes em concreto, com menor custo final e obtendo êxito no resultado dos objetivos deliberados para execução. A construção em aço, além de ser extremamente eclética e duradoura, está em perfeito equilíbrio com o conceito de desenvolvimento ambientalmente sustentado. Desta forma podemos considerar que o uso do aço na construção ou em outras formas e meios, só tende a ter aumentos e méritos ainda mais no cenário de todo país e futuramente em todo mundo, por todas suas qualidades.

REFERÊNCIAS

[1]. Henrique Ferraz. O Aço na Construção Civil. Revista Eletrônica de Ciências 2003

[2]. Roberto Inaba. Construções Metálicas: O uso do Aço na Construção Civil. Artigo Técnico. 2017. .

[3]. Francisco Malaquias Ferrer Neto e Nair do Amaral Sampaio Neta. O Uso do Aço na Construção Civil. VII Congresso Brasileiro de Engenharia de Produção. 2017.

[4]. Indústria hoje. O Aço na Construção Civil. Revista Eletrônica. 2014.

[5]. Cátia Simões Coelho e Roberto Inaba. A Evolução da Construção em Aço no Brasil. Revista Arquitetura & Aço – Nº 42. 2015

[6]. Douglas Mateus de Lima. Revista da Estrutura de Aço – REA – Volume 07. 2018

[7]. Helena Maria Gervásio. A sustentabilidade do aço e das estruturas metálicas- Construmetal. Artigo Técnico. 2012.

[8]. Déborah Liubartas. A SUSTENTABILIDADE DO AÇO E DAS ESTRUTURAS METÁLICA. Scientific Journal of the Faculdades Metropolitanas Unidas, São Paulo, Brasil. 2015.

[1] Graduando em Engenharia Civil. Centro Universitário do Norte UNINORTE (2018)

[2] Professor Pós Graduado em Tecnologia do Gás natural. Universidade do Estado do Amazonas UEA (2005). mauro

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here