O que é um TCC – Trabalho de Conclusão de Curso

Olá pessoal, tudo bom? Vamos falar hoje sobre o que é um TCC! É muito engraçado porque, quando a gente fala de siglas, a gente fala de siglas de acordo com a área.

Recentemente eu estava lendo uma reportagem que entendia o TCC como um Transporte Coletivo de Campo.

Nesse sentido, se a gente vai falar sobre o que é um TCC acadêmico, nosso público é o acadêmico, assim, nós falamos do TCC no sentido de produção científica.

O que é um TCC?

O TCC é um trabalho de conclusão de curso! Ele é a uma produção acadêmica que você precisa desenvolver em seu último período para concluir determinado curso, seja ele de graduação ou algum curso da perspectiva Lato Sensu.

Durante toda a sua trajetória acadêmica você passará por diferentes modalidades de trabalhos de conclusão de curso que podem mudar de nome de acordo com a área e grau pretendido, porém, sempre serão solicitados.

Ultimamente, eu tenho visto muitas escolas de ensino fundamental e ensino médio solicitando algum tipo de trabalho de conclusão de curso.

Então, ele acaba sendo aquele trabalho final, com nomes diferentes. Na graduação e na perspectiva Lato Sensu é normal a elaboração de uma Monografia como TCC.

Esse trabalho de conclusão de curso pode mudar de estrutura de acordo com a instituição de ensino, porém, geralmente, elas seguem normas científicas, seja a ABNT, a Vancouver, a APA, dentre outros métodos de execução.

Assim, é muito comum esses textos possuírem as partes pré-textuais, as partes textuais e as pós-textuais, porém, cada instituição tem uma norma, entretanto, a sua construção deve obedecer a certo rigor científico, ou seja, não pode ser feito de qualquer jeito, pois tem que, de alguma forma, oferecer algum tipo de contribuição científica, seja a partir de estudos que já existem, seja por meio da inovação,  dessa forma é necessário que a pessoa que esteja imersa em um processo de conclusão de curso, interaja com outras áreas e faça bastante leituras para  conseguir desenvolver um trabalho que possa contribuir, cientificamente, para com a sociedade.

É obrigatório fazer o TCC?

Algo que ainda gostaríamos de deixar claro aqui é que o TCC, geralmente, é desenvolvido e apresentado no último ano ou semestre do curso.

Todo e qualquer aluno deve se submeter as etapas do TCC para que ele possa se formar.

O TCC pode ser entendido como se fosse mais uma disciplina necessária para esse graduando se formar, a única diferença das demais é que se trata de uma matéria mais prática do que teórica.

Como dissemos, todo aluno deve se matricular e participar da disciplina para que possa obter o certificado de conclusão de curso.

Caso ele não conclua ou seja aprovado na disciplina, ele não recebe o seu diploma, assim como caso não haja o cumprimento de outra disciplina e ele seja aprovado no TCC, ainda estará impossibilitado de ganhar esse certificado de conclusão. Além de ser uma disciplina obrigatória em muitos dos cursos de Graduação, o TCC se torna indispensável em algumas outras modalidades de cursos como em MBAs, em Cursos Técnicos, dentre outros.

Cada universidade e/ou instituição de ensino possui as suas próprias regras e exigências para a produção e defesa do TCC. Contudo, na maioria delas, ele deve ser feito individualmente, porém, existem algumas faculdades que permitem que o trabalho seja feito em grupo, porém, o acompanhamento por parte de um professor-orientador é indispensável tanto para os TCCs individuais quanto para os coletivos.

O TCC apresenta uma definição fixa (Trabalho de Conclusão de Curso), mas existem variadas formas de se receber uma certificação.

Ela varia de acordo com o nível do curso em andamento. As opções mais comuns são as Monografias, os Relatórios de Estágio, os Artigos Científicos, as Dissertações de Mestrado e as Teses de Doutorado. As opções disponíveis e as suas exigências sempre variarão de acordo com a instituição de ensino.

Diferença entre TCC e Monografia

A Monografia é um tipo de TCC que transcende a graduação pois ela também pode ser executada em cursos de pós-graduação.

O principal intuito acerca da produção de uma Monografia é colocar o aluno em contato com a pesquisa acadêmica. No ensino superior do Brasil ela é entendida como aquilo que é escrito sobre um tema e/ou uma problemática bem delimitado que tenha certa relevância social.

A construção desse tipo de TCC é feita a partir da necessidade de se cumprir algumas etapas relativas à pesquisa científica. São elas a elaboração de um pré-projeto de pesquisa e a redação em si da monografia.

Em um primeiro momento, durante a produção do pré-projeto, com o auxílio do professor-orientador, é delimitado o tema do TCC a ser pesquisado a partir de um recorte de algo mais geral. Nessa etapa é importante identificar algum tipo de problema relativo ao tema do seu TCC, bem como as possíveis hipóteses que conduzirão a uma resposta e/ou conclusão ao final da pesquisa.

Já, no segundo momento, o trabalho de escrita é mais exaustivo pois cada tema demanda a escolha de uma metodologia específica para a sua execução e análise de resultados.

O desenvolvimento da pesquisa e os resultados obtidos devem aparecer, de forma expressiva, na escrita da monografia.

Relatório de Estágio

O relatório de estágio também pode ser considerado como um TCC. Ele se trata de um documento que dá forma a sua experiência em uma empresa.

Dessa forma, ele é considerado pelos professores avaliadores como uma etapa decisiva para a sua formação, assim sendo seu relatório deve evidenciar tudo aquilo que você aprendeu nesse período de estágio.

Número de páginas no TCC

O número de páginas de um relatório varia de acordo com as exigências da faculdade e a duração do estágio, contudo, essa informação será dada pelo seu orientador antes do início das atividades na empresa a ser estagiada.

Sobre o conteúdo do relatório, ele pode ser dividido da seguinte maneira:

  • Resumo (um ou dois parágrafos de forma a delimitar o tema e transmitir as informações gerais sobre o relatório; em alguns casos o resumo pode vir antes do índice); uma
  • Introdução (contextualização do estágio e das funções desempenhadas durante a sua execução);
  • Descrição da empresa (setor onde as atividades foram desempenhadas, assim como é necessário dizer quais foram os tipos de serviços oferecidos, como a empresa se organiza internamente etc);
  • Descrição das atividades desempenhadas (tarefas realizadas; ferramentas disponíveis; o que o seu trabalho trouxe de produtivo para a empresa; como foi o aprendizado etc) e uma conclusão (síntese da sua evolução nesse período de estágio, bem como é importante falar sobre os benefícios do estágio para a sua formação).

O estilo da escrita do relatório deve consistir na elaboração de frases curtas e simples, de forma a destacar o conteúdo aprendido para a sua formação acadêmica.

Também se faz por necessário a inclusão de bibliografias que embasaram a sua fundamentação teórica por meio de citações diretas ou indiretas para não se recair no plágio. Toda a formatação deve seguir as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Diferença entre TCC e Artigo Científico

Um artigo científico se assemelha, bastante, em termos metodológicos, a uma monografia, uma vez que é necessário um trabalho de pesquisa científica que resulte, posteriormente, em um artigo, dessa forma, ele deve apresentar, de maneira sucinta, os resultados de uma pesquisa.

Diferente da monografia, o artigo costuma ser mais curto, pois possui entre dez a vinte páginas.

Estruturalmente, ele é composto por um resumo, uma introdução, uma fundamentação teórica, por um desenvolvimento, pela análise do objeto defendido, bem como precisa apresentar as considerações finais.

Os artigos científicos podem ser apresentados em congressos e/ou publicados em revistas científicas.

Diferença entre TCC e Dissertação de Mestrado

A Dissertação de Mestrado, por sua vez, é um trabalho acadêmico de nível superior produzido e executado por todos aqueles que pretendem obter o grau de Mestre. Ela é considerada uma pesquisa acadêmica mais avançada, pois o nível de conhecimento técnico e intelectual do aluno deve ser mostrado em todo o seu trabalho.

Para que uma Dissertação de Mestrado possa ser elaborada é necessário que, antes, o aluno tenha um Projeto de Pesquisa sobre o mesmo tem aprovado pelo orientador.

Apesar de possuir um grau de dificuldade maior em relação as Monografias e Artigos Científicos, ela é menos complexa que a tese.

Essa modalidade de pesquisa marca o início da pesquisa científica que pleiteia o título de Mestre. As características, usualmente, são definidas pelas instituições de ensino, entretanto, todos os mestrandos precisam apresentar essa dissertação a uma banca para obter o título de Mestre.

Diferença entre TCC e Tese de Doutorado

A tese de doutorado é considerada o tipo mais representativo e consistente de TCC.

Trata-se da abordagem de um tema de forma inovadora e criativa, assim, exige pesquisa própria da área científica em que se situa, com os instrumentos metodológicos específicos. Essa pesquisa pode ser teórica, de campo, documental, experimental, histórica ou filosófica, mas sempre deve se voltar a um tema único, específico, delimitado e restrito.

Uma tese de doutorado deve realmente colocar e solucionar um problema demonstrando hipóteses formuladas na evidência dos fatos e na coerência do raciocínio lógico.

Além disso, exige-se da tese de doutorado contribuição suficientemente original a respeito do tema pesquisado. Ela deve representar um progresso para a área científica em que se situa. Deve fazer crescer a ciência.

Quaisquer que sejam as técnicas de pesquisa aplicadas, a tese visa demonstrar, por meio das suas etapas, como ela pode contribuir para com a sociedade a partir do tema abordado.

Na elaboração de uma tese, não se deve pretender falar de tudo, de todos os aspectos envolvidos pela problemática tratada. O importante é ater-se ao substancial da pesquisa, não se perdendo em grandes retomadas históricas, em repetições, em contextualização muito amplas. Também não se pode falar de tudo ao mesmo tempo numa mesma tese.

Como Elaborar um TCC?

Sobre o TCC tradicional, ou seja, aquele que abordamos lá no início dessa conversa, é possível apontar algumas dicas. Sobre a escolha do tema existem algumas questões fundamentais que podem te ajudar a escolher um tema em que você se sinta confortável.

A primeira delas é: você gosta do assunto?

Essa pergunta é importante pois você utilizará muitas horas do seus dia para concluir este trabalho, assim, se ele não for um assunto que te cause interesse, haverá grandes chances de você desistir no meio do caminho e querer trocar de tema, bem como essa falta de intimidade com o tema pode fazer com que você não consiga apresentar um trabalho de qualidade ao final da disciplina, o que pode fazer com que você seja reprovado. É muito comum alunos escolherem temas que parecem ser mais fáceis, mas acabam se arrependendo depois.

Existe material suficiente sobre o assunto?

Pode acontecer de você adorar o tema do TCC, mas, por ser bastante específico e novo, na hora de realizar a pesquisa sobre o referencial teórico pode acontecer de não encontrar nada ou poucas coisas sobre o assunto escolhido.

Então, depois que delimitar um tema do TCC, pesquise rapidamente para verificar se existem informações suficientes que podem te ajudar na elaboração do TCC.

O tema do TCC é relevante em nível acadêmico?

É uma questão que causa impacto na vida de outras pessoas? A minha pesquisa pode ajudar alguém? Com essas questões você deve perceber se a temática escolhida causa impacto apenas na sua vida ou na de outras pessoas, quanto menos individualista, mais importante ela é para o meio acadêmico.

A estrutura de um TCC

Antes de terminarmos a conversa de hoje é muito importante falarmos sobre a estrutura de um TCC. Uma das primeiras coisas a se pensar é na problemática de pesquisa. Nesse momento você deve definir em qual área do seu tema você irá atuar. Esse processo é fundamental, porque o seu trabalho de conclusão não pode ser feito sem um problema de pesquisa, uma vez que o tema deve nascer a partir desse questionamento. Todo o seu texto gira em torno do problema de pesquisa e não do tema.

Objetivo geral do TCC

O objetivo geral, por sua vez, trata-se das estratégias para se chegar a este problema de pesquisa, já, os objetivos específicos, estipulam metas para que essas estratégias gerais possam dar conta de resolver ou chegar perto de uma conclusão para a problemática estudada.

Introdução do TCC

A introdução é um elemento indispensável na elaboração de um TCC. Ela discorre sobre do que se trata o trabalho, assim, a sua intenção é dizer porque a pesquisa realizada por você é importante para a academia e para a sociedade.

Ela é dividida em 5 partes fundamentais.

Contextualização, ou seja, a apresentação do tema;

Justificativa (a relevância e impacto social do tema escolhido na vida de outros);

Problema de Pesquisa (a problemática que norteará a pesquisa de forma detalhada, inclusive deve haver os motivos para a escolha deste tema);

Objetivo geral e os específicos (estratégias para se resolver o problema da pesquisa) e,

Metodologia do trabalho que nada mais é a descrição prática de como essa pesquisa será executada para se obter resultados, assim, ela busca responder algumas questões norteadoras, tais como: qual a natureza da pesquisa (exploratória, descritiva, explicativa), as fontes da pesquisa foram obtidas de forma primária (conversa com pessoas por meio de entrevistas) ou secundária (usou-se livros, artigos e afins para coleta de resultados), os resultados foram obtidos de forma qualitativa ou quantitativa e como funcionou a pesquisa (descrição das estratégias utilizadas).

O TCC acadêmico deve ser entendido como um Trabalho de Conclusão de Curso que pode ser diferenciado de acordo com o a instituição, ok?

Esse modelo é o mais comum, porém, não é o único, por isso citamos alguns outros exemplos, um abraço e até a próxima!

Como publicar Artigo Científico

Dúvidas? Sugestões? Deixe seu Comentário!

Digite seu comentário!
Informe seu Nome aqui