Qual a diferença entre Monografia, TCC e Artigo Científico?

Oi pessoal, tudo bom? Hoje nós vamos falar sobre a diferença de artigo científico, TCC e monografia. Mas antes, precisamos passar por aquela pausa que faz com que nós nos tornemos pessoas mais conscientes.

Se você é um aluno de graduação, geralmente, na sua instituição, tem um manual explicando o que eles consideram monografia, TCC, ou artigo científico. Se você é aluno de pós-graduação, perceberá que, as pós-graduações, hoje, costumam, e isso, na verdade, é muito comum, trocar a exigência da monografia e do TCC pelo artigo científico publicável, por que é interessante tanto para você como aluno, quanto para a instituição, que os seus artigos estejam publicados.

Se você o aluno de pós-graduação Stricto Sensu e precisa apresentar o seu trabalho para determinado professor, é necessário entender o que ele considera como mais adequado para um trabalho científico.

Eu já encontrei alguns professores que consideram seminários em formato de artigo científico, então, é muito bom antes de pensar em artigo, entender, essa diferença sobre o que é um artigo e o que é um TCC.

É necessário entender sobre para quem você está apresentando este trabalho, porque no final das contas, o que vale é a compreensão da sua banca frente o conteúdo que você propôs, assim, o outro, no caso, a banca, espera que você desenvolva o trabalho com propriedade, independente da modalidade.

Então, hoje, eu vou falar sobre essas diferenças de artigo científico, TCC e monografia, de uma maneira generalizada a partir das diretrizes da ABNT. Quero que com essa conversa a confusão que tem se feito entre os três tipos de Trabalho de Conclusão de Curso seja, ao menos, amenizada.

Artigo Científico

Artigo CientíficoO artigo científico, geralmente, é direcionado para a publicação, então, ele tende a obedecer às normas de revistas, ou normas da instituição. Ele não precisa de pré textuais, então, aquele excesso de capa, contracapa, resumo, sumário, não precisa ser realizado. Ele é mais sintetizado, então o que seria produzido no TCC normal de 40, 60, 70 páginas, vai ser sintetizado em, em alguns casos, de 5 a 15 ou 20 páginas no máximo.

Essa extensão irá depender de quem receber esse artigo.

Então, se for uma revista científica elas tendem a estabelecer uma quantidade de páginas, se for um professor, ele também vai dizer a quantidade de páginas, mas a priori, ele é um conhecimento sintetizado, então, ele tem que, geralmente, formular uma discussão a partir de um tema de forma breve.

Ele deve acompanhar o nome do autor ou dos autores, a especificação do autor, o resumo, as palavras chaves, a introdução, o desenvolvimento, a conclusão, e as referências.

Então lembre-se, se você está apresentando para algum lugar, procure entender o que eles consideram, geralmente, quando você fala no artigo científico de introdução, desenvolvimento, conclusão e referências, você tá falando mais para a área de humanas, aonde estabelece uma discussão teórica maior, se for na área da saúde, esse desenvolvimento, ele pode vir já com materiais e métodos por exemplo, se for na área de exatas, esse desenvolvimento também pode vir como a aplicação de um determinado conceito ou projeto.

Também gostaríamos de dizer aqui que um artigo científico se assemelha, bastante, em termos metodológicos, a uma monografia, uma vez que é necessário um trabalho de pesquisa científica que resulte, posteriormente, em um artigo, dessa forma, ele deve apresentar, de maneira sucinta, os resultados de uma pesquisa.

Para que você possa escrever um artigo, recomendamos que você tenha uma pesquisa em andamento junto a um orientador ou que você já tenha concluído esta pesquisa, contudo, o acompanhamento junto a um professor que esteja responsável pela pesquisa é fundamental.

Diferente da monografia, o artigo costuma ser mais curto, pois possui entre dez a vinte páginas.

Estruturalmente, ele é composto por um resumo, uma introdução, uma fundamentação teórica, por um desenvolvimento, pela análise do objeto defendido, bem como precisa apresentar as considerações finais.

Os artigos científicos podem ser apresentados em congressos e/ou publicados em revistas científicas. Nunca se esqueça de consultar as regras para a revista em que deseja publicar o seu trabalho, pois elas são bastante flexíveis e específicas para cada área.

O que importante é que: nesse artigo, no formato de artigo, não é necessário a quantidade de páginas nem aquele arcabouço teórico muito grande, então ele vai ter de 5 a 20 laudas em média, são o que a maioria das revistas estabelecem de 5 a 20 laudas dependendo ali do conteúdo. Então, esse é o artigo científico.

TCC (trabalho de conclusão de curso)

TCC (trabalho de conclusão de curso)No TCC, há uma quantidade de laudas maior, então ele varia de 40 a 70 laudas. Pode ser mais? Pode ser mais! Pode ser menos? Dificilmente vai ser menos! Ele precisa de uma rica fundamentação teórica, então ele precisa de uma quantidade páginas suficientes para comprovar aquilo que você está estudando, ou então, deve embasar, de forma efetiva, aquilo que você está discutindo.

No trabalho de conclusão de curso, geralmente, é solicitado a aplicação prática, então, por exemplo, se estou falando de ludicidade na educação infantil, eu devo investigar um cenário de crianças, ou, de como é aplicado certas brincadeiras, ou o como é feito algum trabalho lúdico.

Dessa forma eu irei expor e demonstrar por meio de algum estudo prático esses dados. Se eu estou falando, por exemplo, de reuso de água, geralmente, vou dizer, de forma verídica, como a sociedade utiliza e faz o reuso da água. Se estou no ramo do Direito Econômico, por sua vez, eu vou utilizar algum caso prático em que eu possa aplicar a teoria.

A priori, no TCC, precisamos apresentar uma parte prática. Quero abordar, também, aqui, o fato de que muitas faculdades ou instituições ou alguns consideram a monografia como um TCC, porque a monografia pode ser solicitada como um Trabalho de Conclusão de Curso.

Algo que ainda gostaríamos de deixar claro aqui é que o TCC, geralmente, é desenvolvido e apresentado no último ano ou semestre do curso. Dissemos em uma conversa anterior que todo e qualquer aluno deve se submeter as etapas do TCC para que ele possa se formar.

O TCC pode ser entendido como se fosse mais uma disciplina necessária para esse graduando se formar, a única diferença das demais é que se trata de uma matéria mais prática do que teórica.

Como dissemos, todo aluno deve se matricular e participar da disciplina para que possa obter o certificado de conclusão de curso.

Caso ele não conclua ou seja aprovado na disciplina, ele não recebe o seu diploma, assim como caso não haja o cumprimento de outra disciplina e ele seja aprovado no TCC, ainda estará impossibilitado de ganhar esse certificado de conclusão.

Além de ser uma disciplina obrigatória em muitos dos cursos de Graduação, o TCC se torna indispensável em algumas outras modalidades de cursos como em MBAs, em Cursos Técnicos, dentre outros.

Cada universidade e/ou instituição de ensino possui as suas próprias regras e exigências para a produção e defesa do TCC.

Contudo, na maioria delas, ele deve ser feito individualmente, porém, existem algumas faculdades que permitem que o trabalho seja feito em grupo, porém, o acompanhamento por parte de um professor-orientador é indispensável tanto para os TCCs individuais quanto para os coletivos.

O TCC apresenta uma definição fixa (Trabalho de Conclusão de Curso), mas existem variadas formas de se receber uma certificação. Ela varia de acordo com o nível do curso em andamento.

As opções mais comuns são as Monografias, os Relatórios de Estágio, os Artigos Científicos, as Dissertações de Mestrado e as Teses de Doutorado. As opções disponíveis e as suas exigências sempre variarão de acordo com a instituição de ensino.

Monografia

monografiaA monografia, como o próprio nome já diz, é uma mono, que nada mais é do que uma união de grafias, dessa forma ela pode ser entendida como compilado de materiais sobre determinado assunto.

Então, a partir do momento que eu falo, ativo em meu cérebro uma espécie de bagagem bibliográfica que é adquirida a partir da minha leitura de várias obras, o que me possibilita criar vários textos maiores a partir desse repertório.

Então, por exemplo, se eu desejo falar sobre o conhecimento científico, eu devo ir até a obra de Habermas para, a partir dela, eu conseguir escrever o meu próprio trabalho de forma inovadora a partir do meu próprio estilo.

Esse estilo é desenvolvido de forma diferente por cada pessoa.

A monografia nada mais é do que uma união do conhecimento absorvido após a leitura de várias obras. Então ela pode ser entendida como um estudo que deriva de outros estudos, mas que é confeccionado de uma forma diferente para não ser considerada como plágio. Tem-se como grande objetivo convencer os alunos a transformá-la em um Artigo Científico publicável.

Em um momento anterior dissemos que a Monografia é um tipo de TCC que transcende a graduação pois ela também pode ser executada em cursos de pós-graduação. O principal intuito acerca da produção de uma Monografia é colocar o aluno em contato com a pesquisa acadêmica.

No ensino superior do Brasil ela é entendida como aquilo que é escrito sobre um tema e/ou uma problemática bem delimitado que tenha certa relevância social.

A construção desse tipo de TCC é feita a partir da necessidade de se cumprir algumas etapas relativas à pesquisa científica. São elas a elaboração de um pré-projeto de pesquisa e a redação em si da monografia.

Em um primeiro momento, durante a produção do pré-projeto, com o auxílio do professor-orientador, é delimitado o tema a ser pesquisado a partir de um recorte de algo mais geral.

Nessa etapa é importante identificar algum tipo de problema relativo ao tema, bem como as possíveis hipóteses que conduzirão a uma resposta e/ou conclusão ao final da pesquisa.

Já, no segundo momento, o trabalho de escrita é mais exaustivo pois cada tema demanda a escolha de uma metodologia específica para a sua execução e análise de resultados. O desenvolvimento da pesquisa e os resultados obtidos devem aparecer, de forma expressiva, na escrita da monografia.

Antes de fecharmos essa discussão de hoje queria conversar um pouquinho mais com vocês sobre a diferença entre uma Monografia e um Artigo Científico, visto que os dois são considerados como Trabalho de Conclusão de Curso.

Nesse sentido gostaria de dizer que um é mais detalhado (a Monografia) e o outro mais enxuto (o Artigo Científico ), contudo, ambos são formas muito ricas de se defender uma pesquisa e obter a aprovação para continuar na área escolhida.

A Monografia pode, inclusive, ser utilizada em curso de pós-graduação no processo de obtenção de créditos em disciplinas obrigatórias.

Outra curiosidade importante de se falar aqui é que, após a apresentação da Monografia ao orientador, haverá uma banca que irá analisa-la, para tanto, é necessário que os resultados da sua pesquisa se apresentem de forma completa e detalhada tanto na sua escrita quanto na sua fala no momento da defesa da Monografia.

A banca analisará se o seu trabalho contribui, de alguma forma, para com a sociedade, então, é muito importante que você traga exemplos cotidianos para o seu Trabalho de Conclusão de Curso.

Nesse sentido, o Artigo Científico é importante pois ele é como uma versão da sua Monografia que será divulgada em órgãos e revistas para além da universidade, porém, ele deve se apresentar de forma reduzida e mais objetiva para atrair mais leitores que buscam por leituras mais práticas devido a falta de tempo para ler trabalhos mais extensos.

Monografia Pronta

Quando a Monografia já estiver pronta, defendida e aprovada, ela já se encontra apresentável para uma publicação em órgãos ou revistas especializadas no assunto abordado.

Outra diferença é que no Artigo Científico, é apresentado o resultado da pesquisa realizada. Mas antes de definir o formato, o acadêmico deve se informar se pode optar ou se a instituição ou curso já definiram a forma que a escrita desse trabalho deve se submeter.

Então, o que gostaria de enfatizar é que com essa ideia do que é cada um dos três tipos de trabalho, não restem mais dúvidas.

Não esqueça de consultar o seu orientador para que saiba como ele entende que deve funcionar um TCC, uma Monografia e um Artigo Científico.

Está ok? Espero ter ajudado e até a próxima!


Download Qual a diferença entre Monografia, TCC e Artigo Científico?


Qual a diferença entre Monografia, TCC e Artigo Científico?
5 (100%) 5 vote[s]
Como publicar Artigo Científico

Dúvidas? Sugestões? Deixe seu Comentário!

Digite seu comentário!
Informe seu Nome aqui