Como citar um autor/texto em meu material científico? Como posso identificar um autor em um artigo? Como fazer uma citação em meu artigo sem erros? Exemplo prático de citações em materiais científicos

0
Avalie!

A importância da citação em um material científico: o que você precisa saber sobre a citação e os cuidados básicos necessários

Olá, tudo bem? Em nosso post de hoje iremos retomar as nossas discussões sobre as citações em um material científico. Como sabemos, a fim de que um material submetido a uma revista possa ser aprovado, precisa ter um certo rigor científico. Dentre os aspectos que favorecem a aprovação de um artigo, tem-se um dever: desenvolver um embasamento teórico de forma sólida e segura, o que implica escolher boas fontes, isto é, autores que sustentam o seu ponto de vista sobre o fenômeno que se propôs a investigar em seu material. Contudo, não podemos utilizar essas informações sem que a devida citação seja feita, uma vez que não somos os detentores originais desta ideia que desejamos aproveitar em nossa proposta. Embora a citação seja algo cobrado e incentivado, esta precisa ser feita da maneira correta para que o seu artigo seja aprovado. É sobre essas questões que iremos discutir hoje.

As variáveis relacionadas à citaçãoAs variáveis relacionadas à citação

Dúvidas sobre como identificar uma citação, como saber quem são os autores de uma produção e como esses podem ser citados em um novo material são bastante frequentes. Muitos não sabem como identificar os autores que devem ser citados e referenciados em um parágrafo. A fim de que essa questão fique mais clara iremos utilizar um artigo publicado que será publicado em nossa revista como exemplo. O artigo foi intitulado de “A importância do acompanhamento mental e nutricional após a realização da cirurgia bariátrica: revisão de literatura”. A primeira coisa que precisamos identificar é quem são os autores que estão escrevendo este artigo. No caso de haver a expressão “et al” após o primeiro nome significa que esse texto possui mais de três autores. O artigo, portanto, está sendo construído por diversos autores com interesse no mesmo tema.

O que indica a expressão “et al”?

Se logo de cara você se deparar com a expressão “et al”, o artigo tem diversos autores e a regra pede para que a expressão seja utilizada. No caso de nosso artigo, seis autores estão envolvidos na produção. Cada um complementa o artigo de uma forma, uma vez que ele é composto de inúmeras fases. Quando este artigo for publicado, todos aqueles que desejarem citar o material deverão utilizar a expressão et al após a menção do último sobrenome do primeiro autor. Contudo, é importante que você consulte a norma para saber a partir de qual quantidade de autores deverá utilizar a expressão (o mais comum é a partir de quatro autores). No caso deste artigo, no corpo do texto a citação correta, seja ela direta ou indireta, ficaria “DENDASCK et al. 2021”. Assim, o “et al” indica que uma equipe está produzindo o material. Qualquer informação retirada deste texto deve ser citada neste molde que apresentamos.

Citando no formato “et al” no corpo do texto

Como pede a regra, no corpo do texto mencionamos o último sobrenome do primeiro autor da produção, seguido pela expressão “et al” e o ano da publicação. Se você observar este material como um todo, notará que ele possui uma série de sobrenomes que aparecem entre parênteses. Ao manusear esse texto, notará que todas as informações encontram-se embasadas. Por exemplo, um trecho aponta que “a obesidade é uma epidemia em ascensão e, dessa forma, facilita o desenvolvimento de comorbidades, como diabetes e hipertensão arterial sistêmica”. Esta informação foi retirada de uma fonte específica, identificada como RODRIGUES et al. 2017. O processo indica que DENDASCK et al, 2021 retiraram do texto de RODRIGUES et al, 2017 a afirmação de que a obesidade possui essas características. Assim sendo, quando retornar ao seu texto, poderá citar esta fonte.

Citando uma fonte de forma indireta

Caso você não vá copiar a informação de forma literal do texto no qual está se apoiando, é permitida a realização de uma citação indireta. Se você deseja afirmar que a “obesidade é considerada por alguns autores como uma epidemia e que esta é responsável diretamente pelo aumento dos casos de diabetes e hipertensão”, é preciso que sua ideia seja sustentada em uma literatura especializada. Como você leu o texto de DENDASCK et al. 2021 e não consultou o artigo de RODRIGUES et al. 2017, o primeiro texto é que será citado. O que deve ficar claro é que toda informação consultada e lida exclusivamente em um texto (de DENDASCK et al. 2021. nesse caso) deve referenciar esta obra específica. Como esta informação relacionada à obesidade foi desenvolvida por DENDASCK et al. 2021. os créditos devem ser atribuídos a esses autores específicos. Contudo, os autores originais fizeram uso de outra base para desenvolverem a ideia.

Entendendo as fontes utilizadas por um conjunto de autoresEntendendo as fontes utilizadas por um conjunto de autores

O artigo desenvolvido por DENDASCK et al. 2021 faz uso de uma série de autores para que as informações ali prestadas partam de uma base científica, o que atribui mais credibilidade ao texto. Além do texto de RODRIGUES et al. 2017. os autores fizeram uso de outras fontes, como do Ministério da Saúde, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica e de outros autores especializados nesta literatura. Por exemplo, os autores afirmam que “com o aumento da obesidade, o número de  cirurgias bariátricas, consequentemente, aumentou”. Para sustentarem esses dados, recorrem a um órgão importante, isto é, à Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. A fim de que cada fase do artigo fosse desenvolvida em consonância com os critérios científicos (embasamento em fontes seguras, científicas e de qualidade), tornou-se necessário citar diversas fontes, seja de forma direta ou indireta.

Cuidados ao retirar as informações de um textoCuidados ao retirar as informações de um texto

Para que a citação seja realizada da maneira correta, as informações devem ser retiradas e citadas da maneira apropriada. Caso você não consulte os materiais citados pelo autor da ideia original que está citando, estes não podem aparecer em seu texto, uma vez que a informação foi consultada apenas, aqui nesse caso, em DENDASCK et al. 2021. Sempre cite o autor original da obra que você está lendo. Contudo, a fim de que um material obedeça a certo rigor, ele não pode ser construído com base apenas nas ideias de um único autor. É preciso partir de diversas fontes para desenvolver as suas ideias e afirmações. Por exemplo, caso você deseje apontar que “estima-se que de 20 a 25% dos pacientes pós-bariátricos passem pelo processo de reganho de peso” é preciso recorrer a uma fonte que aponte esse dado específico, porém, evite citar a mesma fonte para todas as suas afirmações.

Comprovando as informações em um textoComprovando as informações em um texto

A fim de que não se abra brechas relacionadas à contestação de certas afirmações, é preciso que você mencione autores que comprovem as suas ideias, sejam essas fontes relacionadas aos órgãos municipais, estaduais e/ou federais ou concernentes a uma literatura especializada. É preciso que fique claro ao leitor quem afirmou esse dado. No caso de nossa citação anterior, a estimativa foi comprovada pelo estudo de OLIVEIRA, 2017). A fim de que a informação seja complementada, DENDASCK et al. 2021 recorrem a uma outra base. Afirmam que “dentro desse contexto, o acompanhamento psicológico e nutricional após a realização da cirurgia bariátrica é recomendado para evitar o problema do reganho de peso”. Contudo, se você for citar essa afirmação com base no texto de DENDASCK et al. 2021. são esses autores que você irá mencionar e não o estudo de OLIVEIRA, 2017.

Como começar a citar informações e autores?

Muitos pesquisadores têm dúvidas acerca de como começar a citar certas informações e os autores que fornecem subsídios para que as afirmações sejam científicas e não baseadas no senso comum. Temos destacado que não é ideal que diversas informações sejam citadas com base em um único texto, autor ou conjunto de autores (“et al”). Estamos utilizando este material apenas como modelo para que você saiba como identificar os autores que discutem sobre um tema, aqui, no caso, a obesidade e a importância do acompanhamento psicológico e nutricional após a realização da cirurgia bariátrica. Contudo, como você pode notar, ao longo do texto, os autores acionaram diversos autores para comprovarem as suas hipóteses (de que o acompanhamento psicológico e nutricional é a alternativa mais viável ao combate do problema do reganho de peso pós-bariátrica).

Como transitar entre as informações de textos diversos?

A fim de que o seu material não seja acusado de plágio (há um certo índice de tolerância para citações diretas e indiretas para cada material que utilizamos como base em nosso próprio) e para que múltiplas fontes sejam acionadas em sua produção, é preciso saber como transitar entre as informações de cada texto utilizado. Não se esqueça de fazer uma busca sistematizada para chegar aos materiais que irão de fato contribuir com o desenvolvimento de seu estudo. Entretanto, mais uma vez precisamos chamar a sua atenção para o fato de que apenas os materiais que de fato foram consultados e lidos que poderão ser citados e referenciados no tópico específico para isto. Se você ler um material e não consultar as fontes utilizadas por esse autor ou conjunto de autores, tais fontes não poderão ser citadas, uma vez que não foram lidas, mas sim interpretadas pelo autor original do texto que você de fato consultou e leu.

Atenção à linguagem ao citar um conjunto de autores em seu texto

Como temos apontado, a depender da norma utilizada pela revista, pode ser que a partir de quatro autores você tenha que utilizar a expressão “et al”. Na verdade, quando o material tem mais de um autor, é fundamental que tomemos atenção à linguagem, uma vez que não estamos nos referindo à ideia de um autor apenas, mas sim a uma ideia desenvolvida por um conjunto de autores. Dessa forma, é fundamental que tomemos cuidado ao utilizarmos o plural (os autores apontam, ressaltam, demonstram são algumas das expressões recomendadas). Nesse sentido, embora você comece a desenvolver a sua ideia com base em um texto específico, é natural que você leia e cite outros ao longo de sua produção para que ela tenha mais robustez e esteja dentro dos padrões científicos. Se você ainda tem dúvidas sobre como identificar os autores que estão sendo utilizados, observe os sobrenomes entre parênteses.

O que indicam os sobrenomes entre parênteses sem recuo?

Um texto científico é construído com base em citações diretas e indiretas. As diretas possuem uma formatação diferenciada. Contudo, no caso das indiretas, também é fácil de identificar os autores responsáveis por uma dada ideia. Localize sempre os sobrenomes entre parênteses. O esquema autor-data determina o/os envolvido (os) nesta produção e o ano no qual o texto foi publicado. No caso do texto de DENDASCK et al. 2021, alguns dos autores que localizamos são (RODRIGUES et al., 2021), (MINISTÉRIO DA SAÚDE. 2017), (SBCBM, 2017), (BUCHWALD et al., 2004), (SBCBM, 2006), (GORDON; KAIO; SALLET, 2011), (CRUZ, 2004), bem como há a presença de muitas outras fontes. Ao observarmos as escolhas dos autores percebemos que, quando necessário, retornam a um texto já citado, porém, não se restringem apenas a esses, adotando uma ampla gama de textos que debatem sobre o tema.

A construção do conhecimento em um texto científico: cuidados e técnicas essenciaisA construção do conhecimento em um texto científico: cuidados e técnicas essenciais

A fim de que o conhecimento possa ser construído de forma sistematizada é preciso que os autores tomem uma série de cuidados, o que implica a adesão a técnicas específicas. Transitar entre autores é importante para que o texto não seja acusado de plágio e para que tenha robustez. Algo essencial que precisamos destacar é que as informações em um texto científico são apresentadas e citadas à medida em que lemos certas informações e achamos pertinente a sua menção. Dessa forma, o conhecimento é construído de forma sistematizada, de modo que haja uma lógica entre os parágrafos. Também consideramos pertinente mencionar que quando um artigo é construído por uma série de autores, cada um fica responsável por um eixo específico que perpassa por esse assunto. A atuação profissional de cada um dos envolvidos faz com que o artigo ganhe maior solidez em cada um desses eixos apresentados ao leitor.

Como publicar Artigo Científico

Dúvidas? Sugestões? Deixe seu Comentário!

Digite seu comentário!
Informe seu Nome aqui