BLOG

Sete exemplos e modelos de materiais científicos nos quais você pode se apoiar para elaborar o seu próprio – Quais são os temas para artigos científicos relevantes? Opções de títulos para artigos científicos

Conteúdo

Avalie!

Características fundamentais às quais um artigo científico precisa se ater para que o rigor e a qualidade sejam mantidos: dicas básicasCaracterísticas fundamentais às quais um artigo científico precisa se ater para que o rigor e a qualidade sejam mantidos: dicas básicas

Olá, tudo bem? Em nosso post de hoje iremos discutir sobre alguns modelos de artigos científicos que podem lhe ajudar em seu processo de elaboração de um material científico, sobretudo de artigos. Como temos destacado ao longo de nossos posts, há alguns aspectos que precisamos atender para que o nosso artigo esteja apto a ser publicado, e, dessa forma, hoje separamos dois desses tópicos essenciais que são decisivos a boa condução de um material. Estamos nos referindo ao tema e ao título de um material. O primeiro ponto que precisamos frisar de antemão é que tema e título não correspondem a um mesmo processo, embora estejam interligados. Um tema de pesquisa relevante é fundamental para que os leitores tenham interesse naquilo que você tem a dizer. Dessa forma, ele precisa ser coerente ao contexto em que estamos vivendo nesse momento histórico, político, econômico, cultural etc.

Temas para artigos científicos: algumas opçõesTemas para artigos científicos: algumas opções

Hoje iremos elencar algumas opções de temas que são relevantes ao contexto atual no qual estamos vivendo. Na verdade, quando discutimos sobre esta temática, é preciso que pensemos em sete modelos de títulos nos quais você pode pensar para produzir a sua própria contribuição acadêmica e social. Esse cuidado é necessário porque há uma diferença fundamental entre tema e título. O tema de uma pesquisa é muito mais conhecido pela comunidade laica. Nesse sentido, é muito comum que quando falamos para uma pessoa que estamos produzindo ou que publicamos um artigo científico logo de cara ela pergunte qual é o tema dessa produção em questão. Entretanto, quando a pessoa é questionada, caso seja leiga, tende a falar o título da produção, pois confunde com o tema. Contudo, você, como acadêmico, precisa compreender a diferença entre esses dois processos fundamentais.

Diferenças entre tema e título

Um tema na pesquisa científica nada mais é do que a grande área pela qual a sua pesquisa perpassa. Além disso, está ligado, também, a uma corrente teórica específica e a uma linha de pesquisa. Por exemplo, você pode, em sua produção, discutir sobre o desenvolvimento infantil. Este é o grande tema do seu artigo, porém, é bastante abrangente. Iremos esclarecer ao longo do post sobre essas questões. O título do seu material, por sua vez, aparece antes de qualquer outra etapa de sua pesquisa. É a primeira informação que inserimos em nosso material. A fim de que o título atinja o seu propósito, é preciso que o título esteja de acordo com o seu problema de pesquisa e com os seus objetivos geral e específicos. Nesse sentido, o mais correto seria apresentar modelos de títulos e não de temas, porém, a maior parte das pessoas tratam essa questão como tema e não título, logo, optamos por esta nomenclatura.

Dicas para a elaboração de um tema (ou título)

Apresentado o panorama que estamos considerando nesta discussão, podemos, nesse momento, atermo-nos às dicas que podem nos ajudar a criar um bom título. A primeira delas, na verdade, está interligada com as demais etapas de uma pesquisa científica. O título por você escolhido deve estar ligado ao seu tema. Esta interligação, além de estar conectada com o tema, deve, também, ater-se aos objetivos geral e específico, à pergunta de pesquisa e à questão norteadora. Tais cuidados farão com que o seu leitor logo de cara saiba o que a sua pesquisa pretende. Logo no título ele identificará quais são as suas pretensões com esta produção. Uma das primeiras missões de um título é apresentar as indicações sobre o que o leitor encontrará ao ter contato com este material. Contudo, temos observado que certas áreas, instituições e professores (orientadores) e acadêmicos optam por títulos mais “comerciais”.

Os títulos “comerciais”

Por razões diversas, muitos membros que integram um certo núcleo/grupo/instituição acabam escolhendo títulos que são mais chamativos, isto é, mais comerciais. Nesse sentido, não são incomuns alguns tipos de “brincadeiras” e analogias logo no título para captar a atenção desse leitor em potencial. Entretanto, mesmo que seja uma prática muito comum, acreditamos que ela não é a mais indicada, e, além disso, diversos acadêmicos também não concordam com os títulos mais comerciais. É um problema porque quando você vai procurar por este material ou mesmo quando elabora o estado da arte, precisa se colocar no lugar de alguém que também faz essa coleta, logo, os títulos precisam ser mais estratégicos. Em outras palavras, o título precisa fazer com que o material possa ser encontrado de forma rápida. Se o título foge muito do que é fácil de ser encontrado em uma base de dados, seu artigo pode ser pouco pesquisado.

O papel social de um título na pesquisa científica

Quando baixamos ou acessamos um material, estamos buscando compreender se ele serve ou não para este momento do estudo que está sendo elaborado. Nesse sentido, quando nos deparamos com o artigo, mensuramos e avaliamos se ele pode ser incluso ou não e tudo começa com o título. Quanto mais claro, objetivo e preciso o seu título for, melhor para o seu leitor. Também é importante que você saiba que o material científico promove um conhecimento que pode ser acessado por todos, isto é, o conhecimento é público. Os seus propósitos são os mais diversos, e, dentre eles, temos a contribuição do artigo para o desenvolvimento de novos estudos. Por esse motivo, para que o artigo seja contributivo, deve ser claro e objetivo. Entretanto, algumas áreas adotam outros tipos de estratégias, porém, a maior parte precisa desses cuidados para que possam construir a sua ciência.

Exemplo de artigo na área do Direito

Separamos um modelo de artigo na área do Direito intitulado de “Justiça Estadual e o desenvolvimento regional: impactos na sociedade”. Se você é da área do Direito e se depara com este tipo de título, terá contato com os caminhos que permitem a discussão sobre o desenvolvimento regional sob a ótica do Direito, com ênfase nas políticas estaduais. Contudo, você deve ter claro em mente que o autor da produção propõe uma reflexão específica sobre como a justiça estadual contribui para com o desenvolvimento em uma dada região. A discussão pode girar em torno de como os recursos podem ser distribuídos, como as políticas estaduais são desenvolvidas e como a justiça pode aprimorar o desenvolvimento de uma região específica. Cada região possui as suas próprias especificidades. Por exemplo, nós aqui estamos na região de São Paulo, logo, as políticas aqui propostas devem ser aprimoradas para outras regiões.

As especificidades de um artigo na área do Direito e da Administração

Como temos reiterado, cada contexto regional tem as suas próprias especificidades. A região do Vale do Rio Verde, por exemplo, possui demandas e necessidades particulares àquele contexto. As políticas estaduais para esta região devem considerar as suas vulnerabilidades e necessidades mais urgentes e atuais. O intuito é o de saber o que essa região tem feito para fazer com que o desenvolvimento seja aprimorado e não se estagne. É preciso saber como a justiça estadual atua e contribui para que a região seja preservada. O título aqui desempenha um papel essencial, uma vez que o título já aponta quais são os pressupostos implícitos e explícitos. O segundo modelo de artigo que separamos situa na área da Administração intitulado de “Pilares de programas de Compliance: a possibilidade de aproveitamento do programa anticorrupção na implementação de programas de proteção de dados”.

Modelo de artigo na área da AdministraçãoModelo de artigo na área da Administração

Como o próprio título indica, o artigo propõe a discussão sobre a proteção de dados, logo, fica implícita a discussão sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que, recentemente, passou a atuar de forma mais efetiva em todo o território nacional. O título também indica que a discussão perpassará pelos programas de Compliance como forma de evitar a corrupção. Todas essas informações aparecem logo no título. O problema  e os objetivos deste artigo compreendem todas as questões elencadas já no título. O material tem o propósito de investigar se existe a possibilidade de aproveitamento de programas de Compliance anticorrupção já implementados em programas de Compliance com ênfase na proteção de dados. Com isso, percebemos que o título conduz o leitor a compreensão geral do objetivo e do problema de pesquisa adotados pelo autor.

Crie um título por último

Embora muitos pesquisadores tenham a tendência em criar o título logo de cara, na verdade, é o último elemento que elaboramos. Esta deve ser a sua última preocupação. Em primeiro lugar, a sua atenção deve ser direcionada à elaboração de um problema de pesquisa/questão norteadora e com os objetivos que irão garantir que você encontre a resposta para este problema delimitado. Dito isso, separamos um terceiro exemplo. O artigo foi intitulado de “O uso de softwares educativos como ferramenta no processo de ensino e aprendizagem para construção de uma autonomia do estudante do Ensino Médio com intermediação tecnológica da Bahia – EMTEC”. O título deixa implícito que o autor irá discutir sobre estratégias de implementação de softwares educativos com o intuito de aprimorar o ensino-aprendizagem, com ênfase no desenvolvimento da autonomia dos alunos.

Modelo de artigo na área das Ciências das Religiões

Um quarto exemplo de artigo que separamos reside na área das Ciências das Religiões. O artigo foi intitulado de “Um olhar antropológico transformador no processo religioso tendo como base a matriz cristã evangélica”. As discussões promovem uma reflexão exata sobre uma matriz religiosa específica, a cristã-evangélica. Todavia, é nosso dever reiterar que, antes de você pensar em um título, concentre-se em definir um bom problema de pesquisa/questão norteadora e bons objetivos. É o problema de pesquisa/questão norteadora e os objetivos que farão com que você chegue a um título apropriado de forma natural. A missão do título é a de fornecer ao leitor de sua produção um panorama do que pretende ao longo de toda a discussão proposta em seu artigo. Um bom título permite que o seu material exerça um real impacto na comunidade científica. Ele precisa ter aderência social e pela comunidade científica.

O impacto social de uma pesquisa científicaO impacto social de uma pesquisa científica

Cada vez mais tem-se exigido que uma pesquisa científica comprove a sua relevância social. Esta comprovação é uma demanda exigida a todas as etapas da pesquisa, não sendo diferente no momento de elaboração de seu título. Dentre as exigências, é fundamental que o seu título indique exatamente o que pretende com o artigo que está sendo elaborado. É nesse sentido que surgem as críticas voltadas àqueles títulos comerciais sobre os quais conversamos no início desta reflexão. São autores que têm o objetivo de tornar os títulos mais “atrativos” e “chamativos”. De fato, é possível, sim, construirmos títulos mais interessantes e atrativos, porém, o título não pode se desconectar do seu problema de pesquisa e dos objetivos que tornam a pesquisa exequível. É preciso que você parta de um pressuposto fundamental: o seu material precisa ser encontrado, acessado, lido, e, se possível, citado.

Faça com que o seu material seja acessadoFaça com que o seu material seja acessado

Tenha a certeza de que assim como você precisa chegar aos materiais científicos que possam contribuir com o seu estudo, o seu leitor também precisa chegar até o seu material e fazer o melhor aproveitamento possível dele. Para isso, é preciso que tomemos certos cuidados básicos e essenciais a qualquer tipo de pesquisa. Estamos nos referindo aos cuidados com o título. Como sabemos, os artigos científicos, em um primeiro momento, são selecionados a partir dos títulos em uma busca sistematizada.

Nesse sentido, ao elaborar o seu título, você precisa levar em consideração que o seu material deve ser acessado pelo seu leitor, e, para isso, o título deve ser bem elaborado. O título é o primeiro elemento que o leitor sem dúvidas irá analisar. Posteriormente, ele se atém aos demais elementos, sobretudo ao resumo. Esses aspectos são fundamentais por inúmeros motivos. Tomando esses cuidados você será capaz de desenvolver um material de qualidade, mas, antes de tudo, é uma forma de respeitar o seu leitor. Com isso, fica aqui a nossa dica: entenda os pormenores por detrás de um título, ele antecipa a proposta de um estudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.