Publicar Artigo Cien

Pesquisando Mestrados Acadêmicos, Mestrados Profissionais E Doutorados Também Acadêmicos E Profissionais Que São Reconhecidos Pela CAPES

5/5 - (1 vote)

Como procurar por cursos de mestrado que são reconhecidos pela CAPES? Quais cuidados devo tomar?

Olá, tudo bem? Em nosso post de hoje iremos discutir sobre mecanismos de pesquisa que o pesquisador tem em mãos para escolher um curso de mestrado ou doutorado que são reconhecidos pela CAPES. A fim de que a pós-graduação brasileira ofereça cursos, eles precisam ser regularizados pela CAPES. Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o que deve ser feito para obter essa resposta. Também é necessário fazer essa pesquisa para que conheçamos os programas que estão operando a partir do regime EAD, híbrido e presencial e se há a oferta de bolsas nessas instituições. A fim de que esse universo fique mais claro, iremos ajudar você a obter as informações necessárias sobre esses cursos de mestrado e doutorado acadêmicos e profissionais. Como o portal da CAPES é repleto de informações, iremos ajudar você a explorar a plataforma. São algumas opções para fazer essa pesquisa.

A finalidade dos cursos stricto sensu

A principal finalidade dos cursos stricto sensu é a formação de pensadores e pesquisadores engajados. Você passará a ter contato com o mundo da pesquisa a partir do momento em que você decidir que deseja fazer parte de um programa desse tipo. Ao ingressar em um mestrado, você terá autonomia, e, dessa forma, irá começar a lapidar essa autonomia a fim de que você seja capaz de defender as suas ideias e torna-las públicas. Irá aprender a fazer pesquisa e a investigar de forma profunda um dado fenômeno a partir de um objeto de pesquisa. O processo inicia a partir do momento que você incorpora esse papel de pesquisador e seleciona o programa stricto sensu de seu interesse. O primeiro passo é acessar o portal da CAPES. Digitar CAPES no Google é o mecanismo mais simples. Acesse o primeiro link e você será redimensionado para o site oficial da CAPES, onde iremos explorar essas opções.

A página inicial da CAPES

Ao acessar o portal da CAPES, você irá se deparar com uma vasta quantidade de informações sobre o mundo acadêmico. Em primeiro lugar, e é isso que confunde um pouco as pessoas no primeiro acesso, temos uma série de notícias e os destaques sobre a pesquisa brasileira. Algo que também queremos destacar é que a CAPES possui uma campanha de prevenção dos cursos irregulares, logo abaixo das notícias e destaques. Trata-se de um alerta da CAPES, inclusive sobre as instituições estrangeiras que oferecem cursos no Brasil que não podem ser reconhecidos. Algumas dessas instituições ao menos são reconhecidas fora do país. Alguns exemplos são as próprias empresas da América Latina, porém, mesmo em seus países de origem, não são reconhecidas pelos órgãos responsáveis. Assim, a primeira necessidade é que esses cursos sejam reconhecidos no país de origem. A convalidação é o processo seguinte.

Informações gerais sobre os cuidados com os cursos

Como temos ressaltado em nossos posts, a CAPES é quem autoriza a atuação de forma legal em nosso país e quem estabelece os mecanismos para a convalidação. Na sequência, há os serviços e informações disponíveis ao cidadão. Temos os serviços, os cursos recomendados, os editais abertos, o SEI, o boletim InfoCAPES e a Plataforma Sucupira. O que nos interessa nesse momento é o tópico dos cursos recomendados. Temos, nesse tópico, todos os cursos que se encontram regularizados no país e informações sobre como identificá-los. Há algumas opções para essa consulta, sendo ela por área de avaliação, por nota e por região. Aconselhamos que você faça essa pesquisa por região, pois, no caso de um curso presencial, quando as coisas voltarem ao normal, você precisará se locomover para essa instituição em que se matriculou. Durante o andamento do curso e as sessões de defesa/qualificação, precisará estar lá.

Cursos por região

Em razão dos motivos que apresentamos, iremos apresentar os cursos por região. Ao acessar esse ícone, teremos os cursos separados por cada região, sendo elas centro-oeste, nordeste, norte, sudeste e sul. Há uma série de informações quantitativas interessantes. Temos o total de cursos (somando todas as modalidades) para cada região. Além disso, há a quantidade exata de cursos de mestrado acadêmico, mestrado profissional, doutorado acadêmico e doutorado profissional para cada uma dessas regiões. Também menciona-se a quantidade de programas, contemplando as mesmas modalidades. Em uma instituição, há diversos programas e cursos. Temos, hoje, sete mil e sessenta e um cursos de pós-graduação stricto sensu. Diferentemente do que muitos pensam, de que mestrados e doutorados no Brasil são inexistentes ou poucos, os dados apontam o contrário.

A abrangência dos cursos stricto sensu brasileiros

A abrangência dos cursos stricto sensu brasileirosTemos muitos cursos em nosso país. Apenas no âmbito dos mestrados acadêmicos, temos cerca de três mil seiscentos e noventa e dois cursos disponíveis. No caso do doutorado, temos, hoje, dois mil quatrocentos e quarenta e quatro cursos. Ambos pertencem à modalidade acadêmica. Na esfera profissional, temos cerca de oitocentos e sessenta e sete mestrados profissionais e cinquenta e oito doutorados profissionais. Lembrando que esses são dados gerais. Consulte cada região para descobrir os dados exatos de seu contexto. Iremos utilizar a região sudeste como exemplo. Acessando essa região, há os dados para cada estado, sendo eles Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Temos, novamente, os números totais da região como um todo, bem como os dados para cada estado específico. Temos três mil cento e noventa e cinco programas, somando os cursos acadêmicos e profissionais.

Conhecendo os dados de cada região

Conhecendo os dados de cada regiãoAlém da região sudeste, que acabamos de apresentar, temos os programas das outras regiões, sendo que os resultados podem ser maiores ou menores, a depender da disponibilidade de cursos em cada uma delas. Contudo, independentemente da região, devemos reiterar que todas elas possuem diversas opções com as quais você pode contar. No nordeste, por exemplo, temos mil trezentos e sessenta e nove cursos, diferentemente do que apontam e divulgam. Agora que você já entendeu como chegar às opções de cada região, podemos começar a explorar os estados de interesse. Iremos utilizar como exemplo o estado de São Paulo. Ao acessar esse estado você terá acesso à todas as instituições reconhecidas que oferecem cursos stricto sensu. Comecemos com um exemplo. Selecionamos o Centro de Estudos de Direito Econômico e Social (CEDES).

Conhecendo a instituição selecionada

Conhecendo a instituição selecionadaPassemos a manusear esses dados de cada instituição. No caso da que selecionamos, ela possui, hoje, um mestrado profissional. Se você clicar no nome dessa instituição, a plataforma irá apontar o nome do programa ofertado, que, nesse caso, é o de direito, justiça e impactos na economia. Clicando nessa informação, uma série de outras informações pertinentes irão aparecer, como o nome do coordenador responsável pelo curso, o nome do curso, o status (se está em andamento, interrompido ou finalizado), tipo de regime letivo (nesse caso, semestral), o site da instituição, dentre outras informações. Ao acessar o site dessa instituição específica, uma série de informações disponibilizadas por essa instituição poderão ser visualizadas e usadas como base para que você escolha ou não este programa. Formas de ingresso, de permanência a exigências do programa podem ser consultadas ali.

Instituições que oferecem mais de um programa stricto sensu

Temos uma instituição que oferece algumas opções. Ela é o Centro de Pesquisas Odontológicas São Leopoldo MANDIC. Lá há um total de quatro programas que estão sendo oferecidos atualmente. Possuem dois mestrados acadêmicos, um doutorado acadêmico e um mestrado profissional. Ao clicar nessa instituição, uma gama de informações irá aparecer. Como temos diversos programas nessa instituição, todos eles irão aparecer. Essa instituição possui o programa de Ciências Médicas e dois outros de Odontologia. O programa de Ciências Médicas possui nota A em seu mestrado acadêmico, o mestrado profissional de Odontologia possui nota 4 e o mestrado e doutorado na modalidade acadêmica em Odontologia também possuem nota 4. Ao clicarmos no programa de Ciências Médicas, temos o status do curso, as linhas de pesquisa, tipo do regime, coordenação, endereço e site da instituição.

Explorando o site da instituição

Recomendamos que ao acessar o site da instituição você explore todas as abas que envolvem o mestrado ou doutorado para que todas as suas dúvidas sejam sanadas. Verificamos que as possibilidades de mestrado e doutorado mencionadas no portal da CAPES procedem no site da instituição, o que demonstra que ele se encontra atualizado. Ao clicar em qualquer um desses programas você terá informações ainda mais detalhadas sobre esse curso. Contudo, antes de acessar o site dessa instituição, recomendamos que você inicie essa pesquisa pelo site da CAPES, aprofundando a pesquisa depois de verificar que esse curso está aprovado e em funcionamento. Há centenas de cursos para cada região. Estamos mencionando alguns a título de exemplificação. Um outro exemplo é o Centro Universitário Belas Artes. Possuem apenas um mestrado profissional na área da Arquitetura. Esse também é um curso reconhecido e legal.

Como manusear os sites das instituições?

Tome cuidado ao acessar o site da instituição escolhida porque o link não irá lhe redimensionar para o curso de pós-graduação, mas sim para a página inicial desta universidade. Assim sendo, você precisará pesquisar pelo curso exato que consultou na Plataforma Sucupira. É interessante ressaltar, também, que cada instituição terá uma forma específica para apresentar os seus cursos de mestrado e doutorado, bem como as linhas de pesquisa de cada um desses programas. Dentre as informações que costumam ser mencionadas, temos, além das linhas de pesquisa, os objetivos, o corpo docente, duração, exigências do curso, grupos de pesquisa, início das aulas, período e regime do curso, disciplinas e professores de cada programa, edital para ingresso, regulamento do programa. Essas informações, como ressaltamos, podem ser apresentadas de formas diversas, mas a essência é essa.

Como faço para escolher um curso profissional?

Como faço para escolher um curso profissional?Para escolher um curso de mestrado ou doutorado profissional, o caminho será o mesmo. Inicie essa pesquisa na Plataforma Sucupira. Escolha a região e o estado em que deseja realizar esse curso. No caso do Espírito Santo, temos algumas opções de mestrados profissionais. Temos na Faculdade Unida de Vitória, na Faculdade Vale do Cricaré, na FUCAPE – Fundação de Pesquisa e Ensino, sete programas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, cinco programas na Universidade Federal do Espírito Santo e um programa na Universidade de Vila Velha. Acessando a Faculdade Unida de Vitória, você irá clicar no programa, que, nesse caso, é o de Ciências das Religiões. Essa instituição possui um programa de mestrado e doutorado profissional nessa área, sendo que ambos, hoje, possuem o conceito 4.

Avaliando os dados de um programa

Avaliando os dados de um programaAlguns aspectos devem ser levados em consideração nesse momento de escolha. Eles são a coordenação do curso, regime e duração do curso, o status do curso, endereço, site para acesso às informações mais detalhadas, dentre outros dados. Iremos acessar o site para que obtenhamos informações mais específicas sobre esses programas oferecidos pela instituição de nosso exemplo. No caso dessa instituição, ao acessarmos o site ela já destaca de antemão o curso de mestrado que oferecem que, como vimos, é na área das Ciências das Religiões. É muito importante que você verifique quais são as formas de ingresso e outros dados que são disponibilizados pelo edital. Entretanto, como enfatizamos ao longo de todo esse post, a pesquisa deve ser iniciada no próprio site da CAPES. O tópico que você precisará acessar para obter acesso a essas informações é o “cursos recomendados”.

Embora nesse post tenhamos enfocado na pesquisa a partir das regiões, saiba que, a depender das suas necessidades, o critério para a análise das instituições pode ser outro. Temos, como opções, a pesquisa por área de avaliação e por nota. Os três critérios podem ser visualizados de forma rápida e fácil. Caso você não saiba o que esses dois outros critérios representam, iremos detalhar um pouco. No caso das áreas de avaliação, elas nada mais são do que as linhas de pesquisa. Por exemplo, se você deseja saber quais são os programas que ofertam cursos na área da biodiversidade, ciências ambientais, antropologia, direito e muitas outras. Leve em consideração a sua área de formação para fazer essa escolha de forma correta. É comum, também, que você seja formado em uma área específica e migre para outra semelhante. Essa área, por sua vez, precisa ter a ver com a sua primeira formação.

Faculdade, um desafio na vida de um jovem!

Como tem sido a faculdade para o jovem atualmente
Você está com dificuldades para escolher um CURSO? Então vamos lá! Respire, reflita e leia este post para NÃO ERRAR!

É comum ter o artigo científico rejeitado?

Atenda à proposta da revista
Quando falamos que um artigo científico pode ser rejeitado, isso não significa que ele seja rejeitado por completo. CONFIRA!

Publicação científica – O que é registro DOI?

As tecnologias por detrás do número DOI
O número DOI nada mais é do que o “RG” de uma produção científica, garantindo a identificação e o acesso permanente a esse material!

Dúvidas? Sugestões? Deixe seu Comentário!

Digite seu comentário!
Informe seu Nome aqui