Você tem o controle do seu tempo? Qual é o seu futuro? – Recortes de uma palestra

0

Por que precisamos pensar no tempo e de que forma ele pode contribuir com o desenvolvimento pessoal?

Olá, tudo bem? Em nosso post de hoje daremos continuidade aos fragmentos retirados de uma palestra voltada ao desenvolvimento pessoal. Hoje, iremos focar em uma questão de suma importância: o tempo. Diante desse cenário, iremos entender como funciona esse tempo e como ele deve ser otimizado para que a nossa rotina seja muito mais eficiente e produtiva. Sem que haja uma boa administração do tempo, a exequibilidade das atividades pode ser afetada. Além disso, ter certeza de que estamos no caminho certo e de que temos tempo para colocar essas metas e objetivos em prática também são questões caras a essa discussão. Assim sendo, iremos apresentar algumas dicas para que você tome alguns cuidados ao otimizar e gerenciar o tempo nas mais diversas esferas. A primeira coisa que precisamos frisar é que o tempo que conhecemos hoje é o mesmo, mas com algumas mudanças.

O tempo em dias diferentes

Embora as horas do dia sejam as mesmas em todos os dias, às vezes temos a sensação de que o dia durou menos, principalmente quando apagamos e acordamos depois de muitas horas. Ao acordarmos meio-dia podemos ter a sensação de que são cinco da manhã. É algo muito normal. Com essas incertezas de tempo não temos como lidar, mas podemos aprender a administrá-lo. Embora o tempo seja uma questão irracional, de certa forma, há uma certeza inquestionável: o tempo que passou nunca mais irá voltar, ele foi, para sempre, perdido. Não conseguimos voltar para o dia de ontem ou mudar alguma coisa que já aconteceu. Não conseguimos reverter aquilo que comemos ontem e que comprometeu a nossa dieta. Também não podemos reverter aquela besteira que acabamos falando sem pensar. Não conseguimos reverter essas situações, mas podemos aprender a lidar com o tempo presente.

Não pense apenas no futuro, mas também no hoje

Não pense apenas no futuro, mas também no hojeAssim como não podemos voltar ao passado para consertar aquilo que já foi feito e que nos arrependemos não conseguimos ir até o amanhã, ou seja, até o futuro, para impedir que algo aconteça. O poder de ação está exatamente no tempo presente. Não é possível irmos até esse futuro para nós visualizarmos e ao mundo aqui há uma certa quantidade de dias. Mesmo no caso de horas, não é possível sabermos o que irá acontecer daqui há três horas. Apenas o momento presente pode ser analisado. Apenas conseguimos escolher o que iremos fazer ou como iremos lidar com uma certa situação não apenas hoje, mas nesse momento em específico. Nesse momento, podemos escolher se continuaremos lendo, se fecharemos esse post, se iremos fazer uma pausa e retornar depois, porém, aquilo que já lemos não pode ser retirado de nós. Já faz parte de um passado e não pode ser revertido.

O poder do agora

Diferentemente do passado e do futuro, o agora pode ser modificado. No agora, isto é, nesse momento, conseguimos ter um controle micro, mas ele será sempre micro, porque mesmo no agora não é possível ter controle total do que está acontecendo conosco e com o nosso corpo. Não há como garantir, por exemplo, que não estamos prestes a ter um aneurisma. Do mesmo modo, não podemos garantir que não estamos desenvolvendo um câncer. Também não é possível garantir que não desenvolveremos um quadro depressivo. Com isso, podemos pensar se é possível que tenhamos o controle do nosso tempo e de qual é o nosso possível futuro. Não conseguimos ter o controle total desse tempo. Apenas nos é possível fazer certas escolhas acerca do que desejos fazer com esse tempo que temos ao nosso dispor. Assim sendo, apenas podemos esperar resultados específicos, mas não há como garanti-los. Tudo é incerto.

Não deixe o tempo simplesmente passar

Não deixe o tempo simplesmente passarO que ocorre com a maior parte de nós é que, em muitas das vezes, apenas deixamos que esse tempo passe. Contudo, isso é um problema, visto que existe uma lei universal, que, na verdade, é uma lei primordial e muito severa da qual não podemos nos desvencilhar. Esta lei a qual estamos nos referindo é a lei da ação e da reação. Se você deseja algo, é preciso agir, mas não há como garantir que conquistará todos os resultados esperados. Por exemplo, se você deseja ser alguém melhor, é preciso agir para que seja, de fato, bom. Não basta apenas desejar. É preciso agir a todo o momento em busca dessa melhoria. Para tanto, cada espaço do seu tempo deve ser aproveitado da melhor forma. Com isso, você irá resolver problemas de ordem interna e externa o tempo todo, todos os dias. Entretanto, temos um problema, pois, em todo o mundo, a indústria que mais cresce é a do passatempo/entretenimento, que tira nosso foco.

Danos causados pela indústria do entretenimento

Danos causados pela indústria do entretenimentoO mais danoso nesse tipo de indústria é que, a cada dia, acabamos pagando para nos matar ou, pelo menos, nos prejudicar e boicotar de diferentes formas. Esse dano se dá em virtude do fato de que pagamos para acessar esses passatempos que irão pegar o nosso tempo, inserir em uma caixinha e jogá-lo fora. Todo esse tempo desperdiçado nunca mais poderá ser recuperado. Infelizmente, é a indústria que mais cresce, pois vende produtos e serviços como os videogames e plataformas de streaming de filmes e séries. Muitas pessoas pegam todo um final de semana (ou mais tempo) para “maratonar” esse tipo de conteúdo. Passa-se dias na frente de uma tela, seja do computador, da televisão ou mesmo do celular. Contudo, isso não é um problema se você tem um certo equilíbrio e sabe administrar o seu tempo para investir seu tempo em coisas diversas, incluindo o entretenimento, porém, não se restrinja a ele.

Gerenciando o nosso tempo

Gerenciando o nosso tempoA partir do momento que você sabe usar bem o seu tempo, não há problema nenhum em “maratonar” uma série. A depender do que você vai fazer com esse entretenimento, ele pode ser inclusive, educativo. O problema é que, em razão de nossa criação, temos o hábito, por exemplo, de assistir por assistir, sem que estejamos absorvendo, de fato, algo daquilo. Jogamos por jogar. Desse modo, o nosso tempo passa sem que tenhamos aproveitado nada ou quase nada. Estamos, portanto, plantando uma espécie de nada. Assim, pessoas que agem dessa forma e que reiteram que são diferentes, pessoas de sucesso, não conseguirão. Como nada de produtivo está sendo feito na maior parte do tempo, dificilmente o sucesso virá. É preciso criar sinapses e apoiar-se em ações que podem te conduzir a esse sucesso. São elas que nos levam àqueles lugares que acreditamos que ansiamos e que são insubstituíveis.

Muitos sonhos e poucas ações

Muitos jovens afirmam o seguinte: “ah, eu vou ser rico”. Não é algo que é dito apenas pelos jovens, pois há pessoas que investem muito dinheiro porque alguém lhes prometeu que iriam ficar ricos de uma forma rápida e fácil. Isso não existe. Muitas dessas pessoas oferecem cursos de, por exemplo, sete dias, prometendo-se essa riqueza instantânea. Entretanto, grande parte dessas pessoas que procuram por esse tipo de curso não estão fazendo nada. Apenas querem a riqueza sem que façam nada. Fazer um curso é um primeiro passo, porém, apenas fazer esse curso não basta. É preciso que haja ações. Se na maior parte do tempo essas pessoas são “pobres” por dentro, se não agem, o sucesso, dinheiro, poder e afins não são possibilidades reais. Se o tempo que essa pessoa possui é desperdiçado, é impossível que ela chegue a essa riqueza almejada. A perda de tempo se dá em diversas esferas, como nos relacionamentos.

O tempo nos relacionamentos interpessoais

A partir do momento em que estamos nos relacionando com uma pessoa, estamos tomando o tempo dela de alguma forma. Esse tempo que está passando com uma certa pessoa não volta mais, mesmo que você torne a vê-la no dia seguinte a relação já é outra, assim como o momento e as conversas. Cada pessoa com a qual temos contato podem ou não aproveitar esse momento, isto é, esse contato. A maior parte das pessoas que integram a sociedade contemporânea lidam com problemas de depressão e ansiedade. Isso decorre do fato de que muitas das pessoas, sobretudo ansiosas, têm muito dificuldades para aproveitarem o tempo de agora. Sempre pensam em um passado que não pode ser revertido ou em um futuro e deixam de aproveitar e focar no presente. Muitas pessoas ficam depressivas porque por não aproveitarem esse momento, acabam tendo muitos arrependimentos e infelicidades.

Não viva no passado

Muitas pessoas acreditam que o passado era melhor e nunca se permitem viver o agora, ficando muito doentes. Há algumas frases muito recorrentes ditas por pessoas que se encaixam nesse perfil como “quando eu era”, “quando eu estudava”, “quando o familiar x era vivo” ou “quando eu tinha”. Essa é uma grande mentira, pois quando esse passado era uma possibilidade, essa pessoa estava “ocupada” fazendo outras coisas, desperdiçando o tempo que é algo tão precioso e que não pode ser recuperado. A pessoa que não sabe aproveitar o presente, depois que ele vira passado, quer recuperá-lo a todo custo. Tem-se, com isso, a falsa sensação de que esse passado era interessante e essencial. A escola que ao menos você gostava ou o amigo com o qual não tinha tanto contato passam a ser prioridades apenas porque agora fazem parte de um passado. Há pessoas que passam a gostar de algo apenas pela impossibilidade no agora.

Foque no momento agora

A melhor forma de parar de perder tantos momentos é viver o agora. A ansiedade, hoje, é uma doença que atinge os jovens muito mais do que a próxima depressão e está intimamente ligada com esse desespero em viver o amanhã sem que o hoje tenha sido aproveitado. A depressão tem acometido muito mais as pessoas mais velhas, de modo que os jovens, quase que em sua totalidade, têm sido diagnosticados como ansiosos. Esse jovem quer viver o amanhã e cria uma série de expectativas em torno desse amanhã. Assim sendo, não há qualquer tipo de aproveitamento do que está acontecendo nesse momento. Não há o interesse pelo agora. Pessoas que estão em um lugar ouvindo e refletindo, ao invés de aplicar o conhecimento ao hoje, estão pensando no amanhã, em consertar esse amanhã que ao menos aconteceu. Busca-se sempre pelo resultado final, mesmo que esteja no começo de uma longa jornada.

Trabalhe com o seu agora

Trabalhe com o seu agoraSuponhamos que, em seu agora, o seu desejo é ter uma boa noite de sono porque você precisa que o seu cérebro se regenere para que amanhã aprenda novas coisas e de uma forma muito melhor. Nós não conseguimos controlar esse processo. Mesmo que façamos isso para que no outro dia aproveitemos a maior quantidade possível do conteúdo compartilhado por outra pessoa, não há como garantir esse aprendizado. Além disso, o uso excessivo das redes sociais promove a alienação, assim como jogar ou fazer outras coisas para evitar pensar no agora. Acreditar que virar a noite jogando e que no dia seguinte poderá ser possível recuperar esse tempo perdido é um grande mito, pois esse tempo não volta mais. A fim de que você possa absorver todo esse conhecimento na melhor das potências, todo o seu corpo precisa estar preparado, seja o corpo físico ou o mental. Não passamos por uma maratona sem treinamento.

Do mesmo modo, não conseguimos ir bem em uma prova caso não estudemos de forma apropriada. Esta é a lógica da vida e não há como burlar. É uma questão, portanto, espaço temporal que não pode ser alterado. Se você faz um treinamento de forma efetiva e realmente aprende com ele, toda a sua prática é alterada e as pessoas conseguem ver esses reflexos de forma bastante positiva. Por exemplo, se você sabe que vai passar por uma espécie de audição, você não pode aprender a tocar o instrumento do dia para a noite. É preciso que haja um preparo e um treinamento dedicado. Para tanto, investe-se tempo treinando, conhecendo e explorando esse instrumento. É a realização contínua de exercícios que fará com que você se saia muito bem nessa audição. Para se sair bem em toda e qualquer prova é preciso investir tempo. Os resultados aparecem depois. O hoje determina suas possibilidades futuras.

Como publicar Artigo Científico

Dúvidas? Sugestões? Deixe seu Comentário!

Digite seu comentário!
Informe seu Nome aqui