Temas em administração – Pontos que você deve considerar para desenvolver a sua monografia, trabalho de conclusão de curso, dissertação e tese

0

Algumas possibilidades de temas para desenvolver trabalhos científicos diversos

Olá, tudo bem? Em nossa conversa de hoje iremos abrir uma nova possibilidade de discussão: temas para pesquisas científicas. Como temos diversas áreas e linhas de pesquisa, hoje iremos abordar sobre alguns temas voltados à área de administração que você pode explorar. Como são inúmeras as possibilidades, iremos apresentar alguns pontos que você deve considerar se a sua pesquisa se volta à área da administração. São aspectos relacionados à formatação, à formulação e ao pensamento lógico sobre o desenvolvimento de trabalhos nessa área tão ampla. Mantenha sempre em mente que desde a concepção do tema, alguns cuidados básicos devem ser tomados. Desde as primeiras etapas, é essencial que você desenvolva um trabalho de pesquisa. Quando falamos sobre monografias, TCCS, dissertações, teses e artigos é necessário que você se coloque como pesquisador e acione certas competências e habilidades.

Aprendendo a se colocar como um pesquisador/acadêmico

Aprendendo a se colocar como um pesquisador/acadêmicoEnquanto pesquisador, o primeiro passo que iremos percorrer é o distanciamento. É preciso que olhemos para o tema de forma imparcial, sem qualquer manipulação. Além disso, todo material científico precisa se comprometer com a resolução de um problema real e atual. Iremos apresentar alguns pontos que podem ajudar você a chegar a esse tema. São aspectos introdutórios. O intuito é auxiliar você, leitor, a aprender a pensar e a desenvolver um tema de pesquisa. É apenas depois de definir um tema de pesquisa que começamos a pensar em um título e não o contrário. Como essa é uma discussão bastante ampla, o primeiro ponto que iremos abordar é justamente a diferença entre tema e título. O tema está sempre relacionado com a área de pesquisa e o título é uma vertente dessa grande área, e, dessa forma, precisa ser delimitado.

Diferenças entre tema e título

O tema sempre corresponderá à grande área relacionada a sua pesquisa, o universo do estudo. O título, por sua vez, nasce do tema e precisa ser delimitado. Dentro dessa grande área, é preciso escolher por um ponto específico que será desenvolvido ao longo do estudo. Ao longo desse post, iremos demonstrar como o tema e o título se diferenciam na prática. Você pode pensar no título como uma subárea desse grande tema. Suponhamos que o tema com o qual deseja trabalhar seja recursos humanos. É algo muito amplo, logo, precisa ser afunilado. Recursos humanos não pode ser o seu título, uma vez que o título precisa passar por esse processo de delimitação para que o leitor saiba com qual linha dos recursos humanos você irá trabalhar. Uma possibilidade de título para este tema seria a motivação de funcionários ou colaboradores. Mencionar a empresa e/ou departamento seria interessante à discussão.

Delimitando o título

No caso de uma pesquisa na área de recursos humanos, é muito importante que você detalhe o universo que será considerado, como o departamento, nicho, empresa etc. No título inserimos os aspectos principais a serem englobados pelo nosso trabalho. Iremos apresentar algumas técnicas para que você transforme esse tema em um título delimitado e coerente. A primeira variável que você precisará levar em consideração é a forma a partir da qual esse tema será compreendido e investigado. Você precisará ter uma ideia muito clara do ambiente no qual se encontra inserido, isto é, da sua faculdade, da sua turma, do seu professor-orientador, de como se dão os programas de iniciação científica e bolsas de pesquisa, de atuação na área e os problemas reais da sociedade que a sua área pode resolver. É preciso que você olhe para a sua realidade enquanto pesquisador, ou seja, como um cientista.

O olhar científico

É preciso que você tenha uma visão global tanto sobre o contexto acadêmico ao qual está associado quanto sobre a sociedade em geral para que a sua pesquisa tenha validade. O primeiro ponto a ser analisado é como funciona a sua faculdade. Se você é uma pessoa ansiosa e que costuma sofrer por antecedência, essa dica é pra você. Logo que adentramos na universidade, circulam boatos de que o TCC é muito difícil. Assim, as pessoas tendem a querer pensar em um tema no primeiro ano para que não deixem essa escolha para os últimos anos do curso. Pessoas que estão no primeiro ou no segundo ano já são acometidas com esta preocupação. Tome cuidado. Cada faculdade funciona de um jeito. Não podemos simplesmente escolhermos por um título ou tema sem atender algumas exigências, que são colocadas pelo professor-orientador. Investigue a realidade da sua instituição.

A realidade de cada instituição

Há instituições que propõem as suas próprias possibilidades de especializações, com base no seu quadro de orientadores. Essas possibilidades são apresentadas às turmas. Vários temas podem, inclusive, serem divididos entre diversas turmas, de modo que uma turma apenas poderá desenvolver temas ligados a essa especialização específica. Se for delimitado que os temas devem se concentrar na administração financeira, você não conseguirá fugir dessa linha temática. Outras instituições, por sua vez, possuem algumas outras preferências. Elas voltam-se aos interesses de pesquisa do quadro de orientadores, logo, os alunos deverão se ater aos autores, conceitos e teorias trabalhados por esses professores. Além disso, esse trabalho final pode ser desenvolvido em grupos, bem como o formato do trabalho pode variar entre instituições e entre turmas. Cuidado, porque as possibilidades são muito amplas.

Cuidado com a ansiedade

Cuidado com a ansiedadeSe você está muito ansioso e quer se antecipar em relação às diversas etapas da pesquisa científica, tome muito cuidado para não se comprometer depois. Essa antecipação em alguns casos pode não funcionar. Assim, é fundamental que você analise se a sua universidade lhe oferece essa flexibilidade. Análise a dinâmica da sua faculdade e como a sua turma está dividida (uma vez que uma parcela de pessoas acabam desistindo do curso ou acabam sendo reprovadas e não podem concluir o curso no mesmo momento que você). Esses pontos podem influenciar no formato do trabalho a ser desenvolvido. Além disso, há outro ponto que deve ser levado em consideração: as inúmeras resoluções do MEC. Não há como se antecipar frente a essas resoluções, elas simplesmente surgem. Hoje, a exigência pode ser uma. Daqui há seis meses, as obrigações poderão ser totalmente diferentes.

Os regulamentos do MEC e o professor orientador

Não há como qualquer pessoa, seja você, seu orientador ou a faculdade, saber o que será definido pelo MEC. Essas resoluções são inevitáveis e precisamos segui-las à risca. Também é crucial que você mantenha em mente que o professor orientador pode ser só seu ou de muitas outras pessoas. Há professores que optam por alunos específicos, de turmas específicas, bem como há outros que pegam uma quantidade maior de orientandos. Há uma outra variável que influencia nesse processo de escolha: a participação em algum programa de iniciação científica. É muito comum que os alunos que participam de programas de iniciação científica consigam chamar a atenção de um professor específico, bem como pode trabalhar com um tema que já desenvolve. Pode, ainda, trabalhar com um dos temas que são debatidos nas reuniões realizadas no grupo de pesquisa do qual faz parte, o que é muito interessante para a carreira acadêmica.

O direcionamento do orientador

O direcionamento do orientadorQuando o aluno faz parte de um programa de iniciação científica, pode ser que o professor direcione esse aluno para desenvolver um tema que esteja diretamente ligado com a sua pesquisa científica. Em geral, os temas de pesquisa desses alunos costumam ser os mesmos debatidos nas sessões do grupo de pesquisa. Assim sendo, você pode fazer parte de uma certa turma e receber um determinado tipo de orientação, mais focada nos interesses de um grupo de pesquisa específico. Ao invés de desenvolver este trabalho com os próprios colegas de turma, o professor poderá reunir alunos que fazem parte deste mesmo grupo de pesquisa para que desenvolvam um trabalho conjunto. Enquanto pesquisador, esta estratégia de delimitação de tema deve ser delimitada de forma cautelosa. Este tópico está intimamente ligado com o seguinte: a atuação prévia em uma área específica.

A atuação prévia em uma área/linha de pesquisa

Pode ser que o aluno que está participando de um estágio em uma empresa, que tenha uma pesquisa em uma linha de pesquisa específica e/ou que integre um grupo específico consiga realizar uma pesquisa mais focada em seus interesses. Alunos que exercem uma certa função e que atuam em um dado setor podem aproveitar este conhecimento no desenvolvimento do trabalho final. Caso esta seja uma realidade viável para você, recomendamos que você aproveite esse conhecimento prévio, pois a pesquisa será muito mais produtiva e significativa para você, para a academia e para a sociedade em geral. Um ponto muito importante está ligado a este tópico: parta sempre de um problema de pesquisa que seja atual e real, pois apenas dessa forma a sua pesquisa terá relevância social e científica. É interessante que esse problema não abranja somente a você ou uma pequena parcela da população.

A contribuição social do estudo

A contribuição social do estudoÉ de suma importância que antes mesmo da proposição de um certo problema, que você analise se esse problema é real e atinge a sociedade como um todo e não só a você e a empresa da qual faz parte, pois o estudo perde a sua validade e importância. Tenha muito claro em mente se esse problema é específico ao seu setor, departamento, cidade, região etc. Quanto mais global for este problema, isto é, quanto mais corriqueiro ele for nas organizações, mais significado terá o seu estudo para as mais diversas pessoas, sejam elas do meio business, da sociedade em geral ou da academia. Tome cuidado para não escolher um problema que apenas englobe as suas características e demandas pessoais, pois isso não é ciência. Todo tema deve estar ligado a um problema real. É este problema que irá dar forma ao seu estudo e irá se manifestar em todo o texto, desde o título até o último capítulo.

Como escolher uma boa linha temática?

A linha temática mais ideal para todo e qualquer tema é aquela que propõe temas contemporâneos, ou, ainda, aquelas linhas que trabalham com temas antigos, mas propõem novas abordagens sobre esses assuntos que podem parecer “batidos”. Podemos citar alguns exemplos na área da administração que são muito bem-vindos. Eles são a gestão de home office, a motivação de equipes, a mensuração do desempenho dos colaboradores, problemas relacionados à CLT e as discussões sobre a efetividade de certos sistemas. Estamos vivendo até os dias atuais um contexto de pandemia, o que fez com que os trabalhos via home office popularizassem ainda mais. O home office já era uma tendência, mas agora é algo essencial, compulsório. Esse assunto é novo, assim como os seus problemas e desafios. Programas de motivação para atender a esse tipo de trabalho seria algo necessário e urgente.

Problemas na área administrativa que podem ser explorados

Problemas na área administrativa que podem ser exploradosProblemas relacionados à mensuração do desempenho dos funcionários são sempre muito bem recebidos e são sempre atuais, desde que novas perspectivas sejam apresentadas. No caso das pessoas que trabalham em regime home office, seria interessante avaliar se elas produzem mais ou menos e como está o seu nível de satisfação com este formato de trabalho. Algo muito pertinente diz respeito ao atendimento às regras da CLT nesse regime, especialmente sobre a questão de horas a serem trabalhadas. Dúvidas sobre como controlar o tempo trabalhado são corriqueiras nesse contexto atual que vivemos. Além disso, é possível discutir sobre a efetividade de alguns sistemas de Tecnologias da Informação (TI). A partir desses problemas contemporâneos, você partirá de uma abordagem para construir o seu título e desenvolver o seu trabalho como um todo. 

Há, ainda, os temas antigos que podem ser debatidos a partir de novas perspectivas. Como caso clássico, podemos citar as teorias e os teóricos da área da administração. Essas teorias são muito antigas e famosas. Em geral, o primeiro contato com elas é feito logo no primeiro ano de faculdade. O desafio é desenvolver esse assunto a partir de uma forma inovadora e inédita. Como exemplo, você pode trabalhar com um dos tópicos da administração burocrática/clássica a partir de uma nova visão. É possível argumentar sobre a efetividade de tais conceitos nos dias de hoje, sobre as tendências no mercado ou sobre estudos de casos reais. Discussões sobre como uma tendência se consolida também são muito bem-vindas. O título, portanto, será construído a partir de um ponto específico que será debatido ou a partir de um estudo de caso. Eles são positivos, pois exemplificam esses conceitos teóricos na prática.

Como publicar Artigo Científico

Dúvidas? Sugestões? Deixe seu Comentário!

Digite seu comentário!
Informe seu Nome aqui