O que pode fazer meu Artigo Científico Reprovar?

2

Hoje vamos falar sobre o que pode fazer um artigo científico ser reprovado pelos pares na Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento.

Neste último ano, separamos e analisamos muitos artigos que foram reprovados e chegamos a conclusão que basicamente existem 6 principais motivos que mais fazem um artigo ser reprovado:

Vamos falar de cada um deles!

Em 6º Lugar: Normatizações

Artigo Científico ReprovarCausa de bastante reprova em artigos, são as normatizações, ou seja: As normas básicas exigidas por cada revista científica para poder realizar as publicações, muitas vezes não é seguida pelo autor, e digo mais, muitas vezes o autor até desconhece quais são essas normas que determinada revista exige!

Devido ao grande número de revistas de artigos científicos existentes e cada uma delas ter suas próprias normas, fica mais difícil para o autor conhecer a todas, por isso, sugerimos que o autor também pesquise e estude tudo sobre como funciona as normas internas da revista que ele quer que seu artigo seja publicado, antes de finalizar seu artigo.
É muito comum, que antes mesmo de avaliar o próprio conteúdo do artigo a revista científica analise se as normas foram atendidas, assim levando a reprova antes mesmo da análise.

De uma forma especial, nossa Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento não tem tanto esse problema, pois nosso formato para publicação é diferenciada! Vou te explicar melhor…

Quando o artigo foi aprovado ( depois da avaliação dos pares que se focam ao conteúdo) ele é indexado, ou seja: editado e transformado em HTML (se tornado bem mais acessível para leitura em computares, celulares e tablets) e é reprogramado quase por si só, para se apresentar em nossa pagina online. Sendo assim, para nossa revista o artigo precisa estar apenas nos padrões mínimos de normatização científica. Mesmo assim, temos casos de reprova em artigos que nos é enviado, devido a faltas e erros grotescos do mínimo exigido, que acaba comprometendo a qualidade científica do material.

Em 5 º Lugar: Sequência Lógica

Nos artigos científicos, como em qualquer outro texto ou até mesmo em escritas informais, é necessário e imprescindível que haja uma conexão e sequência lógica dos fatos narrados! Só assim garantiremos que o leitor entenderá com clareza o objetivo que está sendo proposto o artigo; pois em muitos casos de reprova, o autor acaba perdendo o foco de seu objetivo principal e acaba por avançar por diversas áreas que não somam ou contribuem para uma sequência lógica o que chamamos também de falta de sistematização lógica.

Em 4 ª Lugar: Plágio

Esse plágio em artigos científicos que tanto falamos, nem é aquele que é o mais conhecido como o cópia e cola (pois hoje em dia temos programas de fácil manuseio para identificar esse tipo de plágio, e seria de uma grande irresponsabilidade da parte do autor usar esse ´jeitinho`). Falamos aqui do plágio que acreditamos ser o não intencional…. Mais o que seria esse plágio não intencional? …. Para melhor entendimento vou citar um exemplo que sempre acontece: As vezes o autor estuda tanto de um determinado assunto que acaba escrevendo com as mesmas palavras, digamos que ele tenta construir sua própria ideia, mais acaba usando a ideia de outros autores sem fazer a respectiva citação; Isso nós remete a plágio!

Em 3 º Lugar: Citações

As citações são de uma forma geral muito usado nos artigos científicos! Levando em consideração que o autor realiza uma grande pesquisa em diversos materiais relevantes sobre um determinado assunto, isso vem a somar e muito no conhecimento e muitas vezes ideias com raciocínios semelhantes ou até mesmo iguais ao do autor surgem.

Erroneamente o autor do artigo, acaba agregando ao seu próprio artigo científico essas ideias ou falas, mais por algum motivo acaba não fazendo as citações ao verdadeiro autor daquele raciocínio; Isso que acabei de citar, acontece em uma grande incidência!
É natural quando escrevemos um artigo científico, que a cada parágrafo tenha uma citação, ou seja: Da onde você tirou essa ideia?.

Temos algumas exceções sim! Alguns estudos de casos, porém são exceções.

Em 2 º Lugar: Autores

Conhecemos bastante o mundo acadêmico, sabemos como funciona e como é difícil escrever uma publicação, um artigo, uma tese e também conhecemos os famosos favores prestados e troca de favores! …. Por isso, para os avaliadores fica bem evidente quando algo do tipo acontece, pois é obvio que um artigo de cinco folhas de revisão teórica não tem porque ter cinco autores! Não é possível cinco autores desenvolverem ideias e raciocínios em apenas cinco folha.

Aí surge a dúvida: Mais então qual o numero ideal de autores para o envio do artigo? Não trabalhamos com números ideais e sim com autores que realmente participem do artigo e de sua complexidade, que cada um escreva algo e depois compactuem essas informações de maneira harmoniosa;. Deixamos claro que isso não está vinculada ao número de paginas do artigo, pois temos diversos tipos de artigos que podem ser de alta complexibilidade e ser compactuada em apenas quatro paginas por exemplo. Nossos avaliadores são formados por Doutores em sua maioria, e estão aptos a separar qual caso está no artigo científico, se é de alta ou baixa complexibilidade!

Em 1 º Lugar: Objetivo

O grande vilão, o número 1 para a maioria de reprova de um artigo científico é a falta de um objetivo!

Muitos autores escrevem seus artigos, mas não deixam claro quais são seus objetivos, porque está apresentando aquele artigo, para que servirá esse conhecimento, qual é a benfeitoria dele para os demais? Isso acaba tornando o artigo muito perdido e com falta de qualidade cientifica!

As vezes o artigo até pode estar seguindo as normativas pedidas, o assunto ser razoável, mas o autor começa a escrever muito, perde se o foco e acaba não chegando a lugar nenhum!

Essa falta de objetivo do autor é o motivo que mais reprovamos um artigo científico! Por isso autores, antes de enviar seu artigo para a avaliação sempre verifique se seu objetivo está bem claro no artigo e se acaso em nenhum momento perdeu-se o foco inicial proposta em sua pesquisa.


Download O que pode fazer meu Artigo Científico Reprovar?


Como publicar Artigo Científico

2 COMENTÁRIOS

  1. Òtimas explicações, só restou uma dúvida, artigo científico pode conter imagens, como seria essas disposições graficas.

  2. Na elaboracao do artigo , como citar Leis e Norma’s e ate estrutura fisica sem virar plagio? Tenho muita dificuldade em parafrasear.
    Contudo, se por um acaso meu artigo for reprovado , posso tentar publicar Novamente na revista?
    Desde ja agradeco imensamente pela atencao

Dúvidas? Sugestões? Deixe seu Comentário!

Digite seu comentário!
Informe seu Nome aqui